Clique fora do quadro branco para sair.

Contato: dimasfolha@hotmail.com Fone: (69) 8492-7805 | 9909-5813
Visitas: 4336182 | Online: 9

12 de Novembro de 2012
Política


Motorista que ofendeu Rover no Facebook terá que pagar um salário mínimo

Servidor aceitou acordo proposto pelo MP

Compartilhe:

O motorista Edson Souza Castro, de 29 anos, terá que pagar um salário mínimo para se livrar de um processo criminal por ter insinuado que o prefeito Zé Rover (PP) é corrupto. A audiência na qual o servidor aceitou o acordo para encerrar a demanda aconteceu, segundo ele, no Fórum Eleitoral de Vilhena, no dia 08 de novembro. A oferta de substituir a eventual pena pelo valor em dinheiro, que será destinado à Casa da Cidadania, entidade que assiste menores infratores, teria sido feita pelo promotor eleitoral João Paulo Lopes. Edson poderá parcelar o montante em duas vezes.
De acordo com o motorista, lotado na representação da Seduc em Vilhena, ele teria usado o Facebook para se manifestar sobre uma reportagem que anunciava a disposição de Rover de recusar o aumento de seu salário, que seria votado pela Câmara. “Aumento pra quê, né prefeito? O senhor ganha 10% de tudo o que a Prefeitura compra...”, escreveu Souza na rede social.
O servidor também deu outra estocada no prefeito, alterando seu slogan de campanha “Zé Rover é do bem”. Também através do site de relacionamentos, Edson tascou: “Zé Rover é dos bens”, disse, fazendo referência à suposta prosperidade do mandatário após assumir o cargo.
De acordo com o funcionário público, sua intenção não era ofender o prefeito. “Algum puxa-saco dele imprimiu o que escrevei e eu fui denunciado na Polícia Federal”, informou, acrescentando que no dia da audiência na Justiça Eleitoral o próprio Rover não apareceu nem mandou advogado.
Eleitor do deputado Luizinho Goebel (PV), derrotado por Rover no pleito deste ano, Edson disse que guarda mágoas do mandatário, para quem teria trabalhado de graça em 2008. “Usei minha moto e meu período de férias para elegê-lo. Após a vitória ele não me disse nem um obrigado”, acusa.


Fonte: FS
Postado por: Dimas Ferreira
Autor: Da redação
Créditos de Fotos: Arquivo pessoal