Clique fora do quadro branco para sair.

Contato: dimasfolha@hotmail.com Fone: (69) 8492-7805 | 9909-5813
Visitas: 4033245 | Online: 15

07 de Novembro de 2013
Terra


Em ano de safra ruim, urucum produzido em Corumbiara atinge preço histórico

Quilo do grão está sendo vendido a R$ 4,20

Compartilhe:

O ano de 2013 está chegando ao fim com boas e más notícias para os produtores de urucum em Corumbiara. A boa notícia é que o preço do grão atingiu o valor mais alto já pago aos agricultores do município. Já a má notícia é que a produção das lavouras teve o pior resultado na história do cultivo da planta em solo corumbiarense.
Como o leitor já teve a oportunidade de ler aqui neste site, os produtores de urucum de Corumbiara enfrentaram, neste ano, a pior crise de produção já ocorrida na história do grão no município. Os motivos foram a presença de doenças nas lavouras e a falta de zelo técnico nas plantações por parte dos próprios produtores.
No mês de junho deste ano, que é a época da colheita, alguns agricultores chegaram a desistir das lavouras, colocando gado ou cortando as plantas de uma vez por todas.
Mesmo com a crise, muitos produtores resolveram seguir em frente e não desistiram da colheita. A maioria dos agricultores que cultivam o urucum no município é constituída de pequenos proprietários de terras.
Por outro lado, uma inesperada alta no preço do grão neste ano ajudou a compensar as perdas provocadas pela queda na produtividade.
Em 2011, foi pago ao produtor corumbiarense entre R$ 2,40 a R$ 2,60 o quilo do urucum. No ano passado, 2012, o preço subiu para R$ 3,35. Já este ano de 2013, o preço do quilo do produto subiu mais ainda, alcançando a marca histórica de R$ 4,20.
O FOLHA DO SUL ON LINE conversou, por telefone, com servidores da Secretaria de Agricultura de Corumbiara. Segundo informações passadas por servidores da Pasta, a produção do urucum no município enfrentou, realmente, por um momento difícil neste ano, mas o preço alto ajudou a amenizar as perdas.
De acordo com um coordenador técnico da Secretaria, há expectativas de que o produto voltará a viver tempos gloriosos no futuro de novo. “Eu acho que em 2014 e 2015 o urucum de Corumbiara vai ter um pico novamente”, disse o servidor. “Só este ano já foram plantadas 200 hectares a mais de lavouras e têm muita plantação nova, que vai produzia a todo vigor nos próximos anos”, complementa um dos coordenadores de agricultura do município.

 


Fonte: FS
Postado por: Dimas Ferreira
Autor: Rildo Costa
Créditos de Fotos: Rildo Costa