Clique fora do quadro branco para sair.

Contato: dimasfolha@hotmail.com Fone: (69) 8492-7805 | 9909-5813
Visitas: 4191165 | Online: 18

28 de Junho de 2011
Turismo


Jornal do Rio de janeiro publica reportagem sobre belezas naturais de Rondônia

“O Dia” é um dos principais diários do Sudeste

Compartilhe:

O Guia de Viagem do jornal "O Dia", um dos principais matutinos do Brasil, sediado no Rio de Janeiro, edição desta terça-feira, dia 28, traz uma matéria sobre o turismo em Rondônia.

O link é o seguinte: http://odia.terra.com.br/portal/viagens/html/2011/6/e_do_brasil_173884.html
 
Veja o texto na íntegra:

É do Brasil

Rondônia tem rodovia que liga o País ao Oceano Pacífico, aldeias indígenas e santuário ecológico

Rondônia - As belezas naturais de Rondônia, na Região Norte, são o principal atrativo entre os adeptos do ecoturismo. Um dos recantos mais procurados é o Vale do Guaporé, que possui uma rica biodiversidade, aldeias indígenas e comunidades quilombolas. Em breve, os viajantes poderão conhecer melhor a região com a criação de quatro circuitos: a BR-364, o Vale do Guaporé, o Caminhos de Rondon e o Amazônia-Andes-Pacífico.

No Caminhos de Rondon, o visitante conhecerá um pouco da história do lendário Marechal Rondon. “Estamos mapeando todo o percurso para transformá-lo em roteiro turístico. Nele encontramos rastros da epopeia protagonizada pela Expedição Rondon, que instalou os postos telegráficos que interligaram Rondônia ao restante do Brasil”, relata o secretário estadual de Turismo, Júlio Olivar. Recém-inaugurada, a Rodovia Interoceânica liga o Brasil ao Oceano Pacífico e traça a rota Amazônia-Andes-Pacífico.

“Ali você encontra importantes pontos turísticos como a Planície Amazônica, a Cordilheira dos Andes, as fortalezas sagradas do Império Inca e as ruínas de Machu Picchu”, acrescenta. Já a Rodovia BR-364, inaugurada em 1960 pelo presidente Juscelino Kubitschek, tem como atrativo o ecoagroturismo e sítios arqueológicos.

O Vale do Guaporé é um santuário ecológico com rica biodiversidade em terra e em água, somada às culturas indígenas, quilombolas e ribeirinhas e pontos históricos. “Os praticantes da pesca esportiva vêm em busca do nosso ecossistema rico em variedades de peixes como o tambaqui, o tucunaré e o pacu”, revela o coordenador de turismo Cléris Kufler. “O Parque Estadual Corumbiara, que fica à margem esquerda do Rio Guaporé, também possui uma fauna e flora bem particular”, destaca. A capital Porto Velho não fica atrás, com mirantes às margens do Rio Madeira, gastronomia e feiras de artesanatos. “Aqui encontra-se da culinária indígena ao sushi e da influência nordestina à herança da diversidade andina”, enumera Cléris.

JERUSALÉM DA AMAZÔNIA - Segunda maior cidade cenográfica do mundo – perdendo apenas para Brejo da Madre de Deus (PE) –, no local se encena a peça ‘O Homem de Nazaré’, durante a Semana Santa. Jerusalém fica a 21km do Centro de Porto Velho.

ESTRADA DE FERRO MADEIRA-MAMORÉ - Construída entre 1907 e 1912 , a ferrovia teve sua história retratada na minissérie da Rede Globo ‘Mad Maria’. O complexo está sendo revitalizado e vai ganhar dois restaurantes, salas para oficinas de artesanato e uma sala de exposições.


Fonte: O Dia
Postado por: Dimas Ferreira
Autor: Da redação
Créditos de Fotos: Reprodução