Visitas: 330845 - Online: 135

Segunda-Feira, 23 de Abril de 2018

Claretiano
Rondocap

23/10/2017 11:00:11
      
Em Vilhena, 21 pessoas são indiciadas por corrupção: “laranjas”, empresários, ex-prefeito e vereadores

Dono do empreendimento também responderá a processo

O delegado regional da Polícia Civil no Cone Sul, Fábio Henrique Campos, conclui nesta semana e reenvia para o MP o inquérito da “Operação Habitus”, que investiga o pagamento de propinas para aprovação do empreendimento imobiliário “Solar de Vilhena”. Entenda aqui.

O delegado revelou que 21 pessoas foram indiciadas por suspeitas de crimes que vão de corrupção (ativa e passiva) a lavagem de dinheiro: quatros vereadores, ex-prefeito e dois ex-secretários. Também deverão responder a processo o dono do empreendimento, outros empresários e terceiros que emprestaram seus nomes para quem recebeu os terrenos entregues como propina.

Campos detalhou que, falando em nome dos colegas, o vereador cassado Wanderlei Graebin (PSC) exigiu 30 lotes para aprovar o residencial “Solar de Vilhena”, mas após negociações, apenas 20 imóveis foram repassados. Eles foram rateados entre outros parlamentares, mas colocados em nomes de “laranjas”.

Agora, com base nas novas diligências feitas e diante da inclusão dos nomes dos favorecidos pela prática ilegal, caberá ao MP denunciar os casos, indicando as penas compatíveis a cada um dos envolvidos.



Fonte: Folha do Sul
Autor: Da redação


teste










Newsletter

Digite seu nome e e-mail para receber muitas novidades.

SMS da Folha

Cadastre seu celular e receba SMS com as principais notícias da folha.






2018. Folha do Sul Online
Todos os diretos reservados - GNT Criativa
Segunda-Feira, 23 de Abril de 2018
Comercial: (69) 3322 3322 - Redação: (69) 3322 4871