Visitas 136224086 - Online 509

Sábado, 13 de julho de 2024

Saúde

28/04/2009 10:06:48

Gripe suína volta a pressionar bolsas da Ásia

As bolsas de valores da Ásia terminaram em queda pelo segundo pregão consecutivo nesta terça-feira (28), com investidores preocupados sobre o potencial de agravamento da crise econômica caso o surto da gripe suína se torne uma pandemia. Os resultados dos testes de estresse de bancos norte-americanos também mantinham o tom de cautela.

Mais países registraram casos da doença, e alguns como a Austrália e a Coreia do Sul fizeram testes para identificar o vírus. A Organização Mundial de Saúde (OMS) elevou o nível de alerta para um passo próximo de declarar o surgimento da primeira pandemia de gripe em 40 anos. Mas até agora as mortes não se espalharam além do México, onde o surto começou e o número de mortes de vítimas da doença pode ter chegado a 152.

Ações do setor farmacêutico e de fabricantes de máscaras avançaram em meio às expectativas de aumento da demanda, enquanto companhias aéreas ampliaram as perdas devido à visão de que a gripe suína cause uma redução acentuada nas viagens internacionais.

A japonesa Chugai Pharmaceutical, fabricante do medicamento Tamiflu, subiu 1,9%. Já a Cathay Pacific Airways, de Hong Kong, recuou 0,95%.

\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\"As operações ativas estão limitadas, conforme o mercado avalia quanto a gripe suína pode impactar a economia global. Quando nós finalmente começamos a ver o fundo do poço da crise econômica global surge a gripe suína\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\", afirmou Tsuyoshi Segawa, estrategista do Shinko Securities.

Indicadores

Às 7h50 (horário de Brasília), o índice MSCI, que reúne as principais bolsas da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão, perdia 2,4%, para 262 pontos. O indicador acumula ganhos de cerca de 28% ante a mínima em cinco anos atingida no início de março.

A bolsa de Tóquio recuou 2,7%, para perto do menor patamar de fechamento em um mês, após resultados desanimadores de exportadores como a Mitsui OSK Lines e siderúrgicas como a Nippon Steel.

A bolsa de Sydney caiu 0,62%, enquanto Taiwan retrocedeu 1,90% e Cingapura recuou 0,56%. As ações em Xangai retrocederam 0,16%. O índice de Seul teve declínio de 2,95% e o de Hong Kong perdeu 1,92%.





Fonte: Globo
Autor: Editorial

Newsletter

Digite seu nome e e-mail para receber muitas novidades.

SMS da Folha

Cadastre seu celular e receba SMS com as principais notícias da folha.