Visitas 37671806 - Online 195

Sábado, 11 de Julho de 2020

Terra

21/10/2011 08:57:36

Após aftosa ser confirmada no Paraguai, prevenção ganha mais importância

Começou no último sábado a 31ª campanha de combate à febre aftosa em Rondônia, com lançamento oficial em Pimenta Bueno – mas o cenário atual é bem diferente da tranquilidade da última campanha, em maio passado.

 

Dois focos de aftosa foram confirmados em fazendas do Paraguai, perigosamente próximos à fronteira com o Paraná e o Mato Grosso do Sul, na primeira quinzena de setembro

 

Muitos animais já foram sacrificados no país vizinho e as importações foram suspensas pelo Brasil, Uruguai e Argentina.

 

Em Rondônia, o rebanho é de mais de R$ 11,5 milhões. Em Vilhena, segundo dados do Idaron, foram vacinadas 94.648 bovinos, sendo 87.919 bovinos de corte e 6.729 bovinos leiteiros. Porcentagem do rebanho vacinado: 100%.

 

O episódio no Paraguai acendeu a luz amarela entre as autoridades sanitárias federais e estaduais, inclusive de Rondônia, mas todo cuidado é pouco.

 

Saiba porquê na edição impressa da FOLHA que circula neste sábado.





Fonte: FS
Autor: Da redação

Newsletter

Digite seu nome e e-mail para receber muitas novidades.

SMS da Folha

Cadastre seu celular e receba SMS com as principais notícias da folha.