Visitas 10625740 - Online 283

Quarta-feira, 23 de Janeiro de 2019

Social

18/05/2018 16:49:00

Secretária e presidente da Câmara estudam instalar fábrica de bolas no Centro de Ressocialização do Menor

Titular da Semas quer que trabalho ajude a profissionalizar adolescentes

Na manhã de quinta-feira, 17, a primeira-dama e secretária de Assistência Social de Vilhena, Marinês de Oliveira, esteve reunida com o presidente da Câmara de Vereadores, Samir Ali (PSDB), quando discutiram a possibilidade de levar a maquina de fabricação de bolas para o Centro de Ressocialização do Menor Infrator. O encontro contou ainda com a presença da secretária adjunta da Semas, Telma Silva.
 
Marinês, sabendo do trabalho do vereador Samir Ali em prol da reativação da fábrica de bolas, procurou o parlamentar para discutir a possibilidade de levar a máquina para o local e dar aos menores não só uma ocupação, mas também a possibilidade de uma profissionalização.
 
Samir, que no ano passado tentou colocar esse trabalho no Presídio Cone Sul, para que os detentos trabalhassem, se dispôs a dar todo apoio para que os trabalhos com os menores possam ter andamento.
 
Segundo a secretária, a meta é promover a ressocialização dos jovens e adolescentes. "Ainda essa semana iremos ao Centro de Ressocialização para ver sobre o espaço lá e se realmente podemos instalar a fábrica de bolas para que os adolescentes tenham uma ocupação e possam sair dali, quem sabe, com uma formação técnica para trabalhar. Uma das pessoas que ensina a mexer com essa fabrica fornece um certificado de artesão. Não podemos simplesmente deixar esses menores lá e esperar que eles voltem para a rua; precisamos realmente dar a oportunidade de ressocializar e de devolvê-los para a sociedade de uma forma diferente da qual chegaram", salientou Marines.
 
Sobre a questão, o prefeito Adilson de Oliveira disse apoiar toda e qualquer iniciativa que possibilite oportunidades da integração de jovens ao mercado de trabalho. “Precisamos criar mecanismo que ajude a incluir no mercado de trabalho nossos jovens e adolescentes. A fabrica de bolas é uma dessas iniciativas. Se não tiver nenhum empecilho legal, com certeza estaremos apoiando essa ideia”, destacou.




Fonte: Foto: Divulgação
Autor: Assessoria

Newsletter

Digite seu nome e e-mail para receber muitas novidades.

SMS da Folha

Cadastre seu celular e receba SMS com as principais notícias da folha.