Visitas 14693398 - Online 211

Quarta-feira, 22 de Maio de 2019

Cotidiano

22/01/2019 12:46:00

Agente funerário confirma: após decreto de prefeito, mortos já estão sendo sepultados uns sobre os outros em Vilhena


Exames de DNA e exumações para inquéritos policiais ficam prejudicados

O FOLHA DO SUL ON LINE entrevistou, na manhã desta terça-feira, 22, o empresário Ademilson de Gouvêa Silva, o “Nino da Funerária”, que confirmou: mortos já estão sendo sepultado uns sobre outros em Vilhena. O site havia publicado, em primeira mão, a decisão do prefeito Eduardo Japonês (PV), de autorizar este tipo de enterro por causa da falta de vagas no cemitério Cristo Rei. Confira aqui.

Nino revelou que, em outubro do ano passado, ele alertou que havia espaço para apenas mais 368 covas no campo santo. No início de 2019, toda a área já estava ocupada. 

Segundo denunciou o agente funerário, a situação é mais grave porque os coveiros não estão obedecendo a profundidade de 1 metro e 75 centímetros prevista no decreto municipal. 

Os novos enterros estão sendo feitos, segundo o denunciante, de forma ilegal e indigna. “Os mortos estão ficando a apenas 55 centímetros de profundidade um do outro”.

Nino também conta que, por causa disso, futuros exames de DNA que vieram a ser solicitados ou exumações para investigações policiais deixarão de ser feitos, uma vez que não existe identificação dos mortos “sub-enterrados”.

“Discordo totalmente do decreto do prefeito. Se era para fazer errado, então nem precisava de lei”, afineta Nino, que estuda a implantação de um cemitério particular para atender Vilhena e outras cidades do Cone Sul.




Fonte: Folha do Sul
Autor: Da redação

Newsletter

Digite seu nome e e-mail para receber muitas novidades.

SMS da Folha

Cadastre seu celular e receba SMS com as principais notícias da folha.