Visitas 11588262 - Online 285

Quarta-feira, 20 de Fevereiro de 2019

Trânsito

08/02/2019 20:13:00

Após identificação das três primeiras vítimas de acidente na BR 364, criança indígena também morre em hospital de Vilhena

Mulher grávida e bebê de apenas dois meses sobreviveram

Acabam de ser identificados os quatro mortos envolvendo duas picapes (uma Fiat Strada e outra Mitsubishi Triton), registrado num trecho da BR 364, próximo ao posto Jamantão, a cerca 30 km de Vilhena. Ambos os veículos têm placas de Vilhena. Lembre aqui.

Três das vítimas faleceram no local: Adair de Oliveira, 44 anos, motorista da Triton, que pertence à Casa do Índio, em Vilhena; José Pereira da Silva, aparentando 50 anos, condutor do Fiat Strada; e Nivaldo Pereira de Araújo, 62, que viajava de carona com ele.

Já no Hospital Regional morreu o garoto Talisson Aikanã, de 11 anos. A mãe dele e outras duas mulheres da mesma etnia indígena (uma grávida), mais um bebê de apenas dois meses, sobreviveram.

COMO FOI?
Segundo as primeiras informações, os dois carros vinham no sentido Porto Velho/ Vilhena, quando o motorista do Strada teria tentado ultrapassar a Triton. Chovia forte e outro veículo, vindo na direção contrária, teria provocado o choque lateral entre as duas caminhonetes.







Fonte: Folha do Sul
Autor: Da redação

Newsletter

Digite seu nome e e-mail para receber muitas novidades.

SMS da Folha

Cadastre seu celular e receba SMS com as principais notícias da folha.