Visitas 23078365 - Online 229

Terça-feira, 12 de Novembro de 2019

Política

07/11/2019 17:17:00

Carteiro se prepara para estrear na política concorrendo a vereador: “as pessoas não se sentem representadas”


José Carlos Silvério é filiado ao PSB e destaca apoiadores
  
Morando em Vilhena há 21 anos, sendo 17 destes como funcionário dos Correios, o carteiro José Carlos Silvério, de 36 anos, tem se preparado para lançar sua pré-candidatura ao cargo de vereador do município. A intenção é disputar o pleito de 2020.
 
Ao FOLHA DO SUL ON LINE ele contou que seu objetivo é usar tudo que aprendeu até hoje, tanto na vida profissional como acompanhando o cenário político, e contribuir para melhorar a vida das pessoas.                      
 
“Desde muito novo fui filiado a partido político, e senti que esse era o momento de me lançar a pré-candidato, com o apoio do PSB”, disse. Sobre seus projetos, ele pontua que não há como citar apenas um em específico, mas, “o desejo é de colaborar com honestidade e boa vontade, em tudo que for possível dentro da área de atuação de um vereador”, completou. Apesar de existir propostas de outros partidos, o estreante comenta que hoje caminha com o PSB, mas tudo será definido no próximo ano.
 
José Carlos comenta que Vilhena vive um novo tempo, em que as perspectivas da população se renovaram, e o novo cenário deixa o povo mais otimista. “A cidade viveu um momento complicado, as pessoas estavam negativas, mas a nova administração responde de uma forma positiva”, frisou.
 
O funcionário público relata que hoje vê um clamor popular por transparência, saúde e educação. Ele diz ser necessário ter atitudes mais sérias em conjunto. “Eu sinto que na parte da educação, falta economizar os recursos e também de aplicar melhor, para poder investir em creche. A gente precisa investir para melhorar” disse.
 
A profissão pode ser um diferencial para José Carlos, já que possibilitou que ele conhecesse muita gente ao longo dos anos de trabalho. Ele pontua que ser carteiro lhe apresentou a realidade de muitos bairros, e assim pôde ter uma perspectiva de como Vilhena cresceu.
 
 “Eu acredito na política dessa forma, que a gente vá e crie mecanismos para as pessoas terem acesso aos políticos. Criou um gelo e as pessoas não se sentem representadas, e também não conseguem ter acesso ao político, e isso é uma coisa muito ruim. Só estando no meio do povo que a gente vai conhecer realmente a necessidade, porque as pessoas vão te falar e você vai enxergar”.
 
O pré-candidato também falou sobre o incentivo que vem recebendo em prol de sua vida política. “Estou recebendo muito apoio de toda a minha família, e também do pessoal dos Correios. Cláudio de Alencar, Moadir de Novaes, César Saraiva, Tião Silvério, professor Flávio, diretor da escola Marechal Rondon... são pessoas que estão me ajudando muito e eu me sinto animado para sair candidato por conta desses apoios”, finalizou.
 
 
 




Fonte: Folha do Sul
Autor: Jéssica Chalegra

Newsletter

Digite seu nome e e-mail para receber muitas novidades.

SMS da Folha

Cadastre seu celular e receba SMS com as principais notícias da folha.