Visitas 18516061 - Online 190

Domingo, 18 de Agosto de 2019

Cotidiano

09/08/2019 15:29:00

Dramático resgate de animal que comoveu Vilhena e parecia boa ação vira caso de polícia na cidade


“Perguntaram o que eu queria com uma cadela vira-latas como aquela e disseram que vão me processar”

O resgate de uma cadelinha prestes a dar cria, noticiado aqui, e que parecia uma boa ação, virou caso de polícia em Vilhena, e a dona do animal, ao registrar queixa, disse que está sendo ameaçada em um grupo no WhatsApp.

Em entrevista ao FOLHA DO SUL ON LINE, a diarista Eliene Francisca Gomes da Silva, 25 anos, disse que a cachorrinha, cujo nome é “Pantera Cristina”, não estava abandonada. Cinco dias antes de ser encontrada nas proximidades de um mercado, ela havia fugido de casa, no bairro Cohab.

Eliane disse que tentou encontrá-la nas redondezas, e só soube de seu paradeiro através da reportagem do site. A diarista também revelou ter conversado com uma voluntária do grupo “Amor de 4 Patas”, que fez o resgate. “Mas a mulher disse que seu eu quisesse ter a Pantera de voltar, precisaria pagar as despesas veterinárias, que custaram mais de R$ 600, e eu não tenho esse dinheiro”.

Eliane explicou que os problemas de saúde apontados na cadela não são maus tratos: “Aquilo que tem na garganta dela, mostrado no raio-X, é o ferimento decorrente do ataque de um pit bull. Ela tem dificuldades para respirar e até para comer, mas eu bato a ração dela no liquidificador”.

Por causa de sua disposição para recuperar a parceira, a dona do animal disse que recebeu ameaças no grupo de WhatsApp do qual participa: “Perguntaram o que eu queria com uma cadela vira-latas como aquela e disseram que vão me processar”.

Sem ser informada sobre a quantidade de filhotes que Pantera teve, Eliene também desmentiu a afirmação de que ela enfrenta dificuldades para dar à luz: “Essa é a quinta cria dela”, contou, prometendo não desistir da luta para recuperar a cachorrinha. A foto que ilustra esta reportagem é da vira-latas com o filho da dona, ainda bebê. “Onde ele ia, ela ia também”, finalizou.




Fonte: Folha do Sul
Autor: Da redação

Newsletter

Digite seu nome e e-mail para receber muitas novidades.

SMS da Folha

Cadastre seu celular e receba SMS com as principais notícias da folha.