Visitas 24578837 - Online 226

Segunda-feira, 09 de Dezembro de 2019

Policial

29/10/2019 11:48:00

Em cidade da região, caminhoneiro de 38 anos é assassinado a tiros após discussão de trabalho com “chapa”


Vítima chegou a passar por cirurgia em Juína, mas não resistiu
  
Em Juína, cidade do Mato Grosso a 240 km de Vilhena, um caminhoneiro de 38 anos morreu, na tarde de ontem (segunda-feira, 28), após ter sido baleado por um auxiliar descarga de caminhões, no pátio de uma madeireira, na manhã do mesmo dia. Dayvid Paulino de Moraes, que morava em Cuiabá (MT), chegou a ser encaminhado ao centro cirúrgico, mas, não resistiu.
 
Segundo apurado pela polícia, Dayvid teve um desentendimento com o suspeito, o “chapeiro” Rubens Lopes Ferreira, por motivo de trabalho. A vítima teria contratado Rubens para carregar seu caminhão com madeiras, mas, o contratado teria ingerido bebida alcoólica antes.
 
Levantamentos apontaram que a discussão teria sido por motivo fútil, porque o caminhoneiro chamou a atenção do chapa por causa da madeira que encostava na carroceria do caminhão. Rubens então não gostou e disse que iria até sua casa, mas, voltaria para conversar com Dayvid.
 
Quando retornou, Rubinho, como é conhecido, estava com uma arma de fogo e fez vários disparos contra a vítima, que recebeu socorro de um amigo. Ainda com vida, o homem ferido foi levado para uma UPA e, em seguida, para um hospital particular, onde foi submetido à cirurgia. Mas, não resistiu.
 
Já o autor dos disparos fugiu em uma motocicleta após o crime e a Polícia Civil foi acionada, junto com a perícia, para verificar o local. Foram feitas diligências para encontrar o suspeito. Já o corpo da vítima foi levado para o IML, e passará por exame de necropsia.
 
 
 
 




Fonte: Juína News
Autor: Jéssica Chalegra cpm Juína News

Newsletter

Digite seu nome e e-mail para receber muitas novidades.

SMS da Folha

Cadastre seu celular e receba SMS com as principais notícias da folha.