Visitas 14693420 - Online 206

Quarta-feira, 22 de Maio de 2019

Educação

09/04/2019 16:52:00

Falta de arroz na merenda escolar derruba secretário de Educação em Vilhena; dois professores são cotados para o cargo


Jornal FOLHA DO SUL antecipou queda na semana passada

Após uma conversa com o prefeito Eduardo Japonês (PV), na manhã desta terça-feira, 09, o secretário municipal de Educação de Vilhena, Clésio Cássio Almeida Costa, está preparando sua carta de exoneração, que deverá ser entregue nas próximas horas.

Na semana passada, em notinha publicada na coluna “Umas e Outras”, o jornal FOLHA DO SUL já antecipava a queda do titular da Semed: “TÁ BAMBO? - Ele manja da Pasta que comanda e é querido pelos servidores, mas parece que isso não basta: fontes da coluna garantem que, por conspiração de aliados do prefeito Eduardo Japonês, o secretário de Educação de Vilhena, Clésio Costa, está na marca do pênalti. Quem aponta falta de traquejo político do jovem educador diz que a queda é só uma questão de tempo. Em breve saberemos...”

De acordo com uma fonte do site, a falta de habilidade política de Clésio, aliada a problemas no orçamento da Semed, levaram à decisão do prefeito de pedir que ele deixe a função. A gota d’água para a dispensa teria sido a falta de arroz na merenda escolar, registrada nesta semana.

QUEM ENTRA?
Dois nomes são cotados para substituir Costa na Educação: a professora Vivian Repessold, que foi candidata a vereadora pelo PSDB e o também professor Gilson Carlos Ferreira, que exerceu mandato na Câmara de Vilhena nos anos 1990. No momento, Vivian é a mais cotada.




Fonte: Folha do Sul
Autor: Da redação

Newsletter

Digite seu nome e e-mail para receber muitas novidades.

SMS da Folha

Cadastre seu celular e receba SMS com as principais notícias da folha.