Visitas 11588343 - Online 265

Quarta-feira, 20 de Fevereiro de 2019

Música e Cultura

15/01/2019 12:56:00

Fundação Cultural ganha R$ 120 mil com projeto de música escolhido como um dos melhores do Brasil

 
Festival “Rondônia Canta a Amazônia” será realizado no segundo semestre de 2019
 
A Fundação Cultural de Vilhena (FCV) foi contemplada em um edital do Basa (Banco da Amazônia) e receberá da entidade o valor de R$ 120 mil para a realização de um grande festival de música regional com premiações aos participantes como forma de incentivo à música autoral da região.
 
O valor será utilizado na realização do festival de composições inéditas “Rondônia Canta a Amazônia”. Elaborado pelo agente cultural e professor Cledemar Jeferson, o projeto tem como objetivo principal valorizar a música autoral da cidade e da região. “Boa parte desses recursos será voltada para a premiação, em reconhecimento aos artistas. Teremos também categorias femininas e masculinas, apenas de canções inéditas, com prêmios para os três primeiros colocados de cada categoria”, revela Jeferson.
 
Lançados em 2018 para execução em 2019, os editais do Basa exigem projetos minuciosos que garantam impacto na Cultura local. O projeto da Fundação ficou entre os 10 primeiros colocados em um universo de mais de 700 inscritos.
 
Depois de aprovado, o próximo passo é inscrever o projeto na Lei Rouanet, cadastrando no Ministério da Cultura, para que o Basa, então, libere os recursos, previstos para esse ano. 
 
“Poderemos despertar e valorizar o sentimento de pertencimento da população do Cone Sul do Estado de Rondônia à Região Amazônica, considerando os aspectos: históricos, geográficos, etnográfico, ambiental, ciclos de ocupação e de desenvolvimento regional, e também nos aspectos de usos e costumes que configuram a cultura local”, explica Jeferson.
 
Não haverá restrição ao gênero musical, mas todas as letras deverão ser em língua portuguesa, podendo conter palavras ou fragmentos em línguas indígenas amazônicas. “Estamos buscando recursos de todas as formas. O trabalho está dando resultados. Parabenizo ao Jeferson e equipe pela contemplação no edital e fico feliz em podermos ver nascer um dos maiores festivais de música da nossa cidade ainda neste ano”, revela o prefeito Eduardo Japonês.
 
 




Fonte: Folha do Sul
Autor: SEMCOM

Newsletter

Digite seu nome e e-mail para receber muitas novidades.

SMS da Folha

Cadastre seu celular e receba SMS com as principais notícias da folha.