Visitas 14693572 - Online 216

Quarta-feira, 22 de Maio de 2019

Cotidiano

10/05/2019 11:03:00

Mais duas pessoas procuram polícia para registrar tipo de crime que aumenta a cada dia em Vilhena


Homem de 53 anos disse que teve seu WhatsApp clonado

Em um único dia, duas pessoas procuraram a Unisp (Unidade Integrada de Segurança Pública), em Vilhena, para registrar casos distintos do mesmo tipo de crime do qual foram vítimas: estelionato.

No primeiro caso, um rapaz de 22 disse ter recebido uma mensagem de texto no celular que informava ter sido creditado em uma sua fatura de cartão de crédito um valor de R$ 665,24, e que inclusive foi parcelado em duas vezes. A conta foi feita com a Sky de São Paulo, mas ele não fez tal transação.

Já a segunda vítima, um homem de 53 anos, contou a polícia que seu WhatsApp foi clonado, e os estelionatários usaram o número para tentar aplicar golpes e fraudes contra seus contatos.

Ambos os casos estão registrados na Unisp para as providências cabíveis.




Fonte: Folha do Sul
Autor: Jéssica Chalegra

Newsletter

Digite seu nome e e-mail para receber muitas novidades.

SMS da Folha

Cadastre seu celular e receba SMS com as principais notícias da folha.