Visitas 11587053 - Online 293

Quarta-feira, 20 de Fevereiro de 2019

Cotidiano

11/02/2019 12:42:00

Na escuridão desde sexta-feira, chacareiros de duas comunidades rurais de Vilhena reclamam de descaso da distribuidora de energia


“A cada ligação eles prometem que irão enviar uma equipe, mas até agora nada”

Chacareiros da Linha Carevel, em Vilhena, estão às escuras deste a tarde do sábado, 09, quando foi interrompido o fornecimento de energia elétrica na região. De acordo com Luan dos Reis Silvério, morador daquele setor rural, a energia acabou durante o temporal daquela tarde e até agora não foi restabelecido.

Silvério revelou que já fez diversas ligações para a central de atendimento da empresa distribuidora de energia elétrica, e a cada telefonema ouviu a promessa de envio de uma equipe para averiguar a situação e restabelecer o fornecimento, mas até agora nada foi feito. “Nós já perdemos mantimentos que precisam ser acondicionados em freezers e geladeiras”, revelou o chacareiro.

Silvério revelou que os moradores afetados estão revoltados com a demora na solução do problema e com o descaso que a empresa tem agido em relação as diversas ligações para as quais a resposta é sempre a mesma. “A cada ligação eles prometem que irão enviar uma equipe, mas até agora nada”, disse o chacareiro que afirmou que irá formalizar uma denúncia no Ministério Público.    

ESTRESSOU
Quem também perdeu a paciência com a Energisa, que comprou a Eletrobrás, antiga distribuidora de energia em Rondônia, foi o corretor de imóveis Edenir Luiz Colatto. Irmão do ex-deputado federal Valdir Colatto, do MDB de Santa Catarina, ele é dono de uma propriedade na Cooperfrutos, que fica na saída para Juína (MT).

Colatto está sem energia desde a sexta-feira, 08, e seus animais passam sede, já que a bomba do poço artesiano não funciona. Ele garante ter ligado pelo menos dez vezes para o serviço de atendimento da companhia, mas como não obteve resposta, procurou o escritório local da ex-Ceron.

O corretor se irritou ainda mais, quando foi informado de que, pelas regras da companhia, eles não podem sequer enviar e-mail para a direção da empresa relatando problemas.




Fonte: Folha do Sul
Autor: Da redação

Newsletter

Digite seu nome e e-mail para receber muitas novidades.

SMS da Folha

Cadastre seu celular e receba SMS com as principais notícias da folha.