Visitas 14592492 - Online 232

Segunda-feira, 20 de Maio de 2019

Educação

16/04/2019 09:57:00

Ônibus com “gambiarras”, superlotação e estradas ruins tornam dramático o transporte escolar em Cerejeiras


Aluna mostrou cotidiano que também se repete há anos na maior cidade do Cone Sul

Através do WhatsApp, uma moradora da Linha 6, zona rural de Cerejeiras, pediu ajuda ao FOLHA DO SUL ON LINE para denunciar a situação do transporte escolar naquela localidade. A denunciante, que tem 20 anos, viaja de segunda a sexta-feira, num percurso de 30 km até a cidade. Detalhe: ela, que também é estudante, vai junto com o filho, de 05 anos.

Segundo a jovem, além de velhos e sem conforto, os veículos não comportam todos os alunos. Muitas crianças viajam sentadas umas no colo das outras, sacolejando em estradas vicinais esburacadas.

Num dos coletivos usados, as janelas tremiam tanto que a Semed de Cerejeiras improvisou uma inusitada gambiarra para tentar resolver o problema: enfiou um chinelo entre os vidros, como o leitor pode notar numa das fotos secundárias.

“Já tem uma semana que estamos andando nesse ônibus superlotado e até sem placas. O monitor já reclamou com a secretário de Educação, mas ele não  tomou nenhuma providência”, desabafou a garota mãe/aluna.

A entrevistada disse que, em 2017, ao fechar a escola rural da comunidade, a prefeitura prometeu que transportaria os alunos até a cidade em ônibus dignos, mas os veículos oferecidos são verdadeiras “arapucas”, que oferecem, além dos riscos de acidente, um grande desconforto para os usuários.

“Chegamos todos os dias atrasados na escola devidos às estradas muito ruins. Também já ficamos sem ir para a escola porque não tinha ônibus  para buscar nos alunos. E quando não  é ônibus quebrado é falta de motorista”, finalizou.

O drama dos estudantes de Cerejeiras é uma rotina na vida dos alunos na maior cidade do Cone Sul: conforme mostrou o FOLHA DO SUL ON LINE, em Vilhena, o serviço ruim já atravessa váris administrações municipais (confira aqui).

O site está à disposição da prefeitura de Cerejeiras para eventuais esclarecimentos.




Fonte: Folha do Sul
Autor: Da redação

Newsletter

Digite seu nome e e-mail para receber muitas novidades.

SMS da Folha

Cadastre seu celular e receba SMS com as principais notícias da folha.