Visitas 24852186 - Online 210

Domingo, 15 de Dezembro de 2019

Política

12/11/2019 11:11:00

Prefeito do menor município do Cone Sul, que seria extinto com projeto de Bolsonaro, promete: “Vou à luta”


Vino diz que estará viajando para Brasília para tentar impedir que município seja afetado pelo projeto
 
O prefeito de Pimenteiras do Oeste, Olvindo Dondé, o Vino (PDT), está engajado numa luta. O mandatário pimenteirense está brigando para que a cidade que ele administra não deixe de ser município.
 
Conforme publicou o site FOLHA DO SUL ONLINE na semana passada (lembre aqui), um projeto do presidente Jair Bolsonaro (PSL), chamado Pacto Federativo, prevê a extinção de municípios om menos de 5.000 habitantes e com arrecadação própria menor que 10% de sua receita total. Nestes casos, o município seria incorporado à cidade vizinha.
 
Pimenteiras do Oeste é o único do Cone Sul que se encaixaria neste critério. O município ribeirinho tem, segundo o IBGE, 2.169 habitantes. Caso o projeto seja aprovado, o município seria incorporado a Cerejeiras – da qual se desmembrou em 1995.
 
Mas, para o prefeito de Pimenteiras, estes dados não estão corretos. “O nosso município tem muito mais que isso. Só eleitores, temos cerca de 2.300. Temos 550 alunos que não votam, fora as crianças. Eu calculo que o município de Pimenteiras tenha mais de 3 mil habitantes. Além disso, o nosso município arrecada mais de 10 por cento do total”, disse Vino ao FOLHA DO SUL ONLINE, na manhã do último sábado, 09, por telefone, contestando os dados oficiais.
 
O prefeito pimenteirense disse que não concorda com o projeto do governo federal. “Estou indo a Brasília na semana que vem. Quero pedir a atualização dos dados de Pimenteiras. Não podemos aceitar esta mudança. Vou me reunir com a Arom (Associação Rondoniense dos Municípios) e CNM (Confederação Nacional dos Municípios). Vou à luta”, disse.
 
Ainda de acordo com o prefeito, o município pimenteirense tem uma arrecadação anual de cerca de R$ 21 milhões. “Temos um município estruturado. A nossa saúde é boa. Temos ultrassonografia e outras estruturas. Não precisamos de nada de fora. Gosto muito do município de Cerejeiras, mas Pimenteiras tem condições de ser autônoma”.
 
 




Fonte: Folha do Sul
Autor: Rildo Costa

Newsletter

Digite seu nome e e-mail para receber muitas novidades.

SMS da Folha

Cadastre seu celular e receba SMS com as principais notícias da folha.