Visitas 13866842 - Online 319

Quinta-feira, 25 de Abril de 2019

Policial

02/02/2019 22:11:00

Preso em Vilhena homem que abusava de crianças no MT ameaçando fazer “feitiço” para deixá-las paraplégicas


“Maníaco do telefone” ou “Mosquito”, estava de carona em caminhão abordado

Foi preso pela Polícia Rodoviária Federal em Vilhena, no início da noite deste sábado, 02, um homem de 36 anos, acusado abusar de crianças e adolescentes no Mato Grosso, usando chantagem através do WhatsApp.

Edinei Honorato Lopes, conhecido como “Maníaco do telefone” ou “Mosquito”, estava de carona num caminhão abordado pela PRF na entrada de Vilhena. Ele vinha de Comodoro (MT) e provavelmente tentaria se esconder em Rondônia, já que a justiça havia decretado sua prisão.

De acordo com informações passadas pela PRF, ao ser interrogado, Edinei, que não portava documentos, deu nome falso. No decorrer do interrogatório, ele caiu em contradições e acabou revelando sua verdadeira identidade. Quando o nome do suspeito foi jogado no sistema da polícia e em sites de buscas, os crimes dele vieram à tona.

No ano passado, o portal G1 no Mato Grosso, publicou um perfil do maníaco, que atacava na região de Várzea Grande e em cidade do interior do Estado vizinho: “Ele foi denunciado por aplicar golpes contra crianças e adolescentes por meio de aplicativo de mensagens de celular e, com a promessa de livrá-los de suposto feitiço, as orientava a ficarem nuas e passarem sal no corpo, ao mesmo tempo em que acompanha o ritual por chamada de vídeo.

O objetivo do “trabalho” seria fazer a vítima ficar paraplégica e perder todo o cabelo. O investigado então declara que se a menor enviar fotos e vídeos íntimos não fará o feitiço.

O suspeito foi preso pela primeira vez em outubro de 2013, em ação da Delegacia Especializada de Defesa da Criança e do Adolescente (Deddica), quando fez cerca de 40 vítimas, agindo da mesma maneira, fazendo ameaças enviadas através de mensagens no aparelho celular.

Colocado em liberdade condicional com uso de tornozeleira eletrônica, o suspeito voltou a ser preso em junho de 2015, após ser flagrado com celulares contendo fotos de vítimas, menores de idade”.








Fonte: Foto: Divulgação
Autor: Da redação

Newsletter

Digite seu nome e e-mail para receber muitas novidades.

SMS da Folha

Cadastre seu celular e receba SMS com as principais notícias da folha.