Visitas 12701895 - Online 216

Domingo, 24 de Março de 2019

Cotidiano

06/03/2019 14:23:00

Registros de roubos e assaltos marcam feriado em Vilhena; crimes aconteceram em diferentes regiões da cidade


Dupla de mulheres derrubou a vítima no chão e lhe atingiu com chutes e socos

As ocorrências de roubos e furtos em Vilhena, que marcaram o feriado de terça-feira, 05, começaram cedo na Cidade Clima. Já nas primeiras horas da manhã, um adolescente de 13 anos teve seu celular levado durante um assalto em via pública, no bairro BNH.

Ele contou aos policiais que um rapaz o abordou e pediu o aparelho para fazer uma ligação, mas diante da negativa, o desconhecido tomou o smartphone da vítima e fugiu do local, com alguns jovens que o aguardavam mais a frente. 

Já no final da tarde, ao dar continuidade a uma ocorrência de roubo de veículo, a polícia localizou um rapaz que já tinha um mandado de prisão contra ele. Inclusive, L. F. M., de 21 anos, estava com o objeto do roubo que era procurado: uma bicicleta.

Ele foi encontrado em uma residência no bairro São José e, ao ser questionado, disse que apenas conduzia o veículo para levá-lo ao dono. Porém, em consulta ao seu nome, foi confirmado o mandado de prisão em aberto. Já em revista pessoal, no bolso de L. foi encontrada uma grama de cocaína.

Diante dos fatos, ele recebeu voz de prisão e foi levado à Unidade Integrada de Segurança Pública (Unisp).

Já na BR-364, nas proximidades do frigorífico, uma guarnição fazia patrulhamento quando um homem, ao perceber a presença da Polícia Militar, abandonou uma motocicleta em que estava e fugiu para a mata.

Em consulta, foi constada a adulteração na placa do veículo, que foi levada para a Unisp.

No período da noite, a PM atendeu o chamado de uma mulher que foi roubada na Praça dos Mensageiros. Ela contou aos militares que passava pela avenida Juraci Correa Muller quando duas mulheres, em um bicicleta, se aproximaram. Uma delas derrubou a vítima no chão e lhe atingiu com chutes e socos.

Após a agressão, elas fugiram levando um aparelho celular e, mesmo após patrulhamento, não foram localizadas.

No bairro Embratel, um senhor de 66 anos foi furtado. Ele contou que uma mulher, que aparentava ter 20 anos, o pediu um copo de água enquanto ele estava sentando na varanda de sua casa. O homem foi buscar a água, mas ao retornar percebeu que seu aparelho celular já não estava mais onde ele havia deixado.

A ocorrência foi registrada na Unisp, mas a suspeita não foi localizada.






Fonte: Folha do Sul
Autor: Jéssica Chalegra

Newsletter

Digite seu nome e e-mail para receber muitas novidades.

SMS da Folha

Cadastre seu celular e receba SMS com as principais notícias da folha.