Visitas 45126066 - Online 200

Sábado, 28 de Novembro de 2020

Esportes

31/07/2020 12:33:00

Após autorização da prefeitura, Vilhenense se prepara para iniciar os treinos visando a disputa da Série D do Campeonato Brasileiro

 
A alteração no decreto municipal permitindo a retomada das atividades foi publicada esta semana, e é condicionada ao cumprimento do Protocolo da CBF  
 
A Prefeitura de Vilhena publicou esta semana alterações ao decreto municipal que normatiza as ações de enfrentamento e contenção da propagação do novo Coronavírus no município. Entre as modificações a permissão para os clubes profissionais retomarem as atividades. De acordo com o decreto, os clubes devem observar as práticas de segurança definidas pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para atletas, membros das comissões técnicas, funcionários e colaboradores.
 
Representante rondoniense no Campeonato Brasileiro Série D, o Vilhenense se prepara para iniciar os treinos visando a estreia na competição nacional que começará na segunda quinzena de setembro. A estreia do Leão, que está no Grupo 1, será contra o Bragantino-PA, fora de casa.
 
De acordo com o presidente do clube, Waldir Kurtz, os equipamentos necessários para a retomada das atividades, como por exemplo, termômetro por infravermelho, já estão sendo providenciados e devem chegar na próxima semana.
 
O Guia Médico de Sugestões Protetivas Para o Retorno às Atividades do Futebol Brasileiro, criado pela CBF, indica uma retomada das atividades por fases. “A divisão por fases visa organizar temporalmente as ações dos diversos departamentos dos clubes para a retomada de treinamentos e competições com segurança, tomadas todas as medidas protetivas para a saúde dos envolvidos”. Confira um resumo de cada fase: 
- FASE PRELIMINAR
Nesta primeira fase, o Departamento Médico do clube coordenará as ações de medidas protetivas prévias ao início efetivo das atividades de treinamento, de acordo com as normas estabelecidas pelas autoridades de saúde locais. O departamento médico deverá solicitar a aquisição de testes para avaliação inicial antes da fase de início dos treinamentos individuais ou em pequenos grupos. Os departamentos médicos dos clubes poderão adotar uma rotina de testes, sejam moleculares ou sorológicos, para serem aplicados nos atletas, membros das comissões técnicas e funcionários, de acordo com a disponibilidade do mercado e sem concorrência e prejuízo ao sistema público de saúde.
 
- FASE DE TREINAMENTOS INDIVIDUAIS OU EM PEQUENOS GRUPOS
Nesta fase, o atleta e todos os membros da comissão técnica deverão utilizar condução própria e individual. Deverão utilizar uniforme de treino desde a sua residência, e após o término deverão retornar imediatamente para a sua residência. Para aferição da temperatura de cada membro do Grupo de Trabalho antes do início das atividades ou quando entrar no local de treinamento, deverá ser utilizado o termômetro por infravermelho, a câmera termográfica ou o termômetro convencional. Este último deverá ser desinfetado com álcool a 70% a cada uso.   A aferição da temperatura deverá ser realizado preferencialmente dentro do veículo dos indivíduos, em caso da utilização de termômetro por infra vermelho ou câmera termografica.  Se a opção for pelo uso de termômetros convencionais, a aferição deverá ser realizada na entrada do Centro de Treinamento, antes que os mesmos tenham contato com os demais integrantes do sub-grupo.
 
- FASE DE TREINAMENTOS COLETIVOS
Nessa fase, assim como a anterior, deverá ser proibida a circulação de pessoas estranhas ao grupo de trabalho. Também será obrigatório a avaliação clínica diária com o uso do inquérito epidemiológico e da aferição da temperatura, uso de máscaras e protetores faciais individuais (face shields), higienização periódica das mãos e todas as medidas de segurança e distanciamento social já adotadas na fase anterior, de treinamento individual ou em pequenos grupos. 
Na chegada ao local do treinamento, os atletas e membros da comissão técnica terão sua temperatura aferida no interior do veículo com termômetro por infravermelho ou por câmera termográfica antes de adentrarem no estádio ou centro de treinamento. Se utilizado termômetro convencional, deverá ser higienizado com álcool 70% em gel a cada uso.
 
- FASE DE COMPETIÇÕES
Todas as partidas agendadas serão realizadas sem a presença de público, com acesso restrito ao campo de jogo e vestiários limitado aos funcionários essenciais à administração do estádio, atletas das duas equipes e respectivas comissões técnicas, além de equipe de arbitragem, delegados da partida e controle de doping.  A participação da imprensa no evento  deverá ser regulamentada em  reunião por videoconferência em documento próprio elaborado  com a participação do Departamentos de Competições, Comissão Médica, Departamento de Marketing e Departamento de Divulgação da CBF.
 
Acesse no Link abaixo o Guia Médico de Sugestões Protetivas Para o Retorno às Atividades do Futebol Brasileiro.
file:///C:/Users/USUARIO/Downloads/Guia%20Médico%20Covid-19%20CBF.pdf
 




Fonte: Folha do Sul
Autor: Rogério Perucci

Newsletter

Digite seu nome e e-mail para receber muitas novidades.

SMS da Folha

Cadastre seu celular e receba SMS com as principais notícias da folha.