Visitas 41744031 - Online 219

Sábado, 26 de Setembro de 2020

Saúde

03/06/2020 17:32:00

ASSISTA: vereador grava novo vídeo e explica que pacientes “de fora” podem colapsar Saúde e levar a fechamento do comércio

 
Maziero defende atendimentos após recebimento de verba federal de R$ 14 milhões
 
Em contato com o FOLHA DO SUL ON LINE, instantes atrás, o vereador Rafael Maziero (PSDB) explicou o vídeo que gravou e foi publicado pelo site. Na mensagem, ele defende que a vinda de pacientes contaminados pela Covid-19 de outros municípios para Vilhena prejudica a cidade (VEJA AQUI).
 
Maziero explicou que respeita a vida de todos, mas argumentou que o atendimento a pessoas que pagam impostos em outras cidades sobrecarrega as finanças e o sistema de Saúde locais. “O que não podemos é deixar o recurso dos vilhenenses pagar a saúde dos moradores de outras cidades”.
 
O parlamentar disse ainda que, após a chegada da verba federal de R$ 14 milhões (dividida em quatro parcelas de R 3,5 milhões) exclusiva para financiar ações de saúde durante a pandemia, aí os pacientes “de fora” poderão ser recebidos. Mas, esse dinheiro prometido ainda não foi repassado. O Congresso Nacional aprovou e o presidente Jair Bolsonaro já sancionou a medida, faltando apenas a transferência das parcelas.
 
O vereador também argumenta que, neste momento, caso as transferências de doentes comecem, a cidade enfrentará duas crises: uma de Saúde e a outra econômica.
 
Isso porque, após 80% dos leitos para pacientes com o Coronavírus serem ocupados, o comércio local automaticamente será fechado. “Se começarem a chegar agora esses doentes, o nosso sistema entra em colapso e não haverá outra saída senão o fechamento das empresas”.
 
“Quem me conhece sabe que sou solidário a quem precisa, seja a pessoa de onde for, principalmente em questões envolvendo saúde, mas dei uma explicação racional, porque se começarmos a atender moradores que não são daqui, em breve não teremos recursos para tratar dos nossos próprios cidadãos, que também poderão morrer por falta de vagas no único hospital que poderia recebê-los”, finalizou.
 
CLIQUE ABAIXO e assista o segundo vídeo.
 




Fonte: Folha do Sul
Autor: Da redação

Newsletter

Digite seu nome e e-mail para receber muitas novidades.

SMS da Folha

Cadastre seu celular e receba SMS com as principais notícias da folha.