Visitas 29206752 - Online 199

Quarta-feira, 26 de Fevereiro de 2020

Cotidiano

23/01/2020 18:56:00

Cidade de Santa Catarina copia prefeitura de Vilhena e também contrata, sem licitação, arquiteto paranaense

 
Escritório de Jaime Lerner vai receber R$ 1,3 milhão por trabalho em Balneário Camboriú
 
O prefeito de Vilhena, Eduardo Japonês (PV) ganhou, nesta semana, um argumento para rebater as críticas de adversários que, mesmo após a justiça negar liminar para suspender o contrato, continuam criticando a escolha do escritório do arquiteto curitibano Jaime Lerner para desenvolver uma série de projetos na cidade (entenda aqui).
 
A principal acusação contra a gestão municipal diz respeito à falta de licitação para a escolha da firma paranaense que, aliás, já começou a fazer levantamentos e colher informações em Vilhena. O município vai pagar R$ 610 mil pelo trabalho.
 
Nesta semana, a equipe de Lerner foi chamada para revitalizar as orlas das praias e rios de Balneário Camboriú, cidade turística da costa catarinense, conhecida como “Dubai Brasileira”, por ter alguns dos mais altos prédios da América Latina.
 
A macro-estruturação da cidade praiana vai custar pouco mais de R$ 1,3 milhão (mais que o dobro pago pela prefeitura de Vilhena), e será contratada sem licitação pela notória experiência e propostas de sucesso de Lerner.
 
 




Fonte: Folha do Sul
Autor: Da redação

Newsletter

Digite seu nome e e-mail para receber muitas novidades.

SMS da Folha

Cadastre seu celular e receba SMS com as principais notícias da folha.