Visitas 37789043 - Online 212

Domingo, 12 de Julho de 2020

Policial

10/01/2020 17:45:00

Idoso mata esposa e cunhada a tiros e comete suicídio ao assinar divórcio em RO

 
Crime aconteceu no fim da manhã desta sexta-feira (10), em Porto Velho. A Delegacia de Homicídios investiga o caso como feminicídio.

 
Um idoso, de 68 anos, matou a esposa a tiro durante a assinatura do divórcio em um escritório de advocacia, em Porto Velho, no fim da manhã desta sexta-feira (10). A cunhada da vítima, que estava no local acompanhando a irmã, também foi morta com um disparo. Após assassinar as duas, Antônio Pereira de Carvalho se suicidou com um tiro. A Delegacia de Homicídios investiga o caso como feminicídio.
 
Segundo a delegada à frente das investigações, Leisaloma Carvalho, o encontro para assinar o divórcio de forma amigável estava pré-agendado com a esposa, identificada como Márcia Gava, de 38 anos. Porém, conforme Leisaloma, houve uma discussão entre os envolvidos no escritório.
 
"Ele se virou para pegar um copo com água, sacou a arma e efetuou o disparo primeiro na cunhada e o segundo na esposa dele, que não teve nem reação. Elas foram mortas na frente da mesa dos advogados", detalhou a delegada.
 
Depois de matar a esposa e a cunhada, identificada como Carmelucia Gava, de 37 anos, o homem se suicidou. A polícia confirmou que Antônio era agente penitenciário. O G1 entrou em contato com a Secretaria de Justiça de Rondônia (Sejus) sobre o caso e aguarda retorno.
 
Ainda de acordo com informações iniciais da Polícia Civil, os advogados que presenciaram o assassinato das irmãs correram para o banheiro do estabelecimento após os disparos. Eles não se feriram.
 
A perícia técnica esteve no local do crime para dar início aos trabalhos de investigação. Os três corpos foram levados ao Instituto Médico Legal (IML) da capital. Márcia deixa um filho.
 
O próximo passo, segundo Leisaloma Carvalho, é ouvir as testemunhas presenciais do crime. A previsão é de que o inquérito do caso fique pronto em 30 dias. "Agora vamos trabalhar nas investigações justamente para poder verificar a dinâmica do ocorrido, as circunstâncias que aconteceram esses fatos", complementou.
 




Fonte: G1 RO
Autor: Diêgo Holanda e Mayara Subtil

Newsletter

Digite seu nome e e-mail para receber muitas novidades.

SMS da Folha

Cadastre seu celular e receba SMS com as principais notícias da folha.