Visitas 39540303 - Online 190

Sábado, 15 de Agosto de 2020

Policial

14/07/2020 13:11:00

Polícia prende quadrilha de Minas que havia aplicado golpes em Colorado; outros dois estelionatários estavam vindo para Vilhena

 
Marginais convenciam vítimas a entregar cartões e faziam saques e compras pela internet
 
 Na tarde da última segunda-feira (13), a Polícia Militar realizou a prisão de uma quadrilha de Belo Horizonte (MG) que cometia estelionatos em Colorado do Oeste.
 
Uma das vítimas explicou aos militares que o modus operandi dos criminosos era se passarem por funcionários da instituição financeira (banco) das pessoas e as convencerem a deixá-los levar os seus cartões bancários.
 
Após isso, os estelionatários realizavam saques, compras pela internet e transferências bancárias, sendo que o prejuízo pode ser avaliado entre 2 mil a 7 mil reais de, pelo menos, 12 vítimas.
 
 
PRISÃO
Após a informação, a guarnição policial passou a fazer diligências nas agências bancárias a fim de localizar os estelionatários. Nesse momento, a polícia recebeu a informação de que um agente teria acabado de fazer um saque no terminal de autoatendimento de uma agência bancária referente a uma outra vítima.
 
Ao chegar no banco apontado na denúncia, os golpistas já haviam fugido do local, mas ao conferir a imagens do sistema de monitoramento, os policiais souberam o momento do saque e as características dos suspeitos. Diante disso, a seção de inteligência da PM e as equipes realizaram diligências e localizaram os criminosos L. S. S., de 27 anos e E. L. R., de 25 anos - sendo também encontrada a quantia de 14 gramas de substância aparentando ser entorpecente (maconha).
 
Com os dois marginais foram localizados diversos equipamentos utilizados na aplicação do golpe. Eles disseram que havia mais dois comparsas que agiam junto, porém eles teriam vindo para Vilhena. A Polícia Rodoviária Federal foi acionada e conseguiu abordar o veículo com os criminosos R. C. C., de 29 anos e I. L. M., de 30 anos. Junto com eles foram encontrados mais equipamentos usados no crime, além de diversos cartões bancários de vítimas.
 
Os estelionatários confessaram ter a intenção de aplicar o golpe em outras cidades da região e que fazem parte de uma quadrilha que atua em diversos locais do Brasil. Todos os criminosos foram conduzidos à Unidade Integrada de Segurança Pública (Unisp) de Colorado do Oeste e  reconhecidos pelas vítimas. Foram apreendidos dois veículos, 19 máquinas de cartão de crédito, 14 cartões bancários, cinco aparelhos celulares, a quantia de R$ 2.773,10; entre outros objetos utilizados para o cometimento dos atos ilícitos.
 
 




Fonte: Foto: Divulgação
Autor: Assessoria

Newsletter

Digite seu nome e e-mail para receber muitas novidades.

SMS da Folha

Cadastre seu celular e receba SMS com as principais notícias da folha.