Visitas 47864266 - Online 248

Sábado, 16 de Janeiro de 2021

Política

27/11/2020 10:39:00

Três nomes são cotados para presidir a Câmara de Vilhena em 2021; prefeito disse que não vai se envolver na disputa

 
Ex-vereadores que elegeram esposas podem definir disputa
 
No primeiro dia de 2021, os vereadores eleitos e reeleitos em Vilhena serão empossados. A cerimônia, por causa da pandemia de Covid-19, será restrita a imprensa e poucos convidados.
 
A sessão na qual os novos parlamentares tomarão posse será presidida pelo mais votado deles: Donathan Pagani, do PSDB. Em seguida, será escolhida a Mesa Diretora que comandará a Casa no biênio 2021-2022.
 
E é essa disputa que tem incendiado os bastidores da política local. Três nomes são apontados como os que têm maiores chances de se eleger presidente do Legislativo vilhenense, todos eles reconduzidos aos respectivos mandatos: Ronildo Macedo e Wilson Tabalipa, ambos do PV, e Samir Ali, do Podemos.
 
O prefeito Eduardo Japonês (PV) disse que não irá se envolver na queda-de-braço na Câmara. A disputa poderá ser definida por dois ex-vereadores, que não puderam disputar o último pleito em virtude de problemas na justiça, mas emplacaram suas esposas entre os eleitos: Cabo João e Carmozino Alves.
 
Embora as articulações corram em sigilo, vazaram informações de que, na mesa de negociações estão até propostas para recriar cargos que haviam  sido extintos na atual legislatura.
 
 




Fonte: Folha do Sul
Autor: Da redação

Newsletter

Digite seu nome e e-mail para receber muitas novidades.

SMS da Folha

Cadastre seu celular e receba SMS com as principais notícias da folha.