Visitas 37326150 - Online 282

Terça-feira, 07 de Julho de 2020

Trânsito

25/05/2020 17:46:00

VÍDEO: após não conseguir emprego em Vilhena, técnico agrícola se envolve em acidente grave em MT e amigos fazem “Vakinha”

 
Celular de Luciano foi roubado após o acidente em Lucas do Rio Verde
 
No dia 04 de maio deste ano, por volta das 07 horas, um acidente no perímetro urbano da BR-161, em Lucas do Rio Verde (MT), deixou preso as ferragens, um rapaz de 23 anos. Luciano Gonsalves sofreu fraturas de costelas, bacia, joelho e um aneurisma na aorta. Desde o acidente, ele está na UTI de um hospital de Lucas do Rio Verde, aguardando uma vaga em Cuiabá (MT) para fazer as cirurgias necessárias para a sua recuperação.
 
O FOLHA DO SUL ONLINE conversou com a esposa de Luciano, Adriana Cavenagui da Silva, que contou que o marido estava em Lucas do Rio Verde para iniciar em um novo trabalho; e que ela ainda estava em Vilhena quando o acidente aconteceu.
 
De acordo com Adriana, a família morava em Sapezal-MT, e após Luciano, que é técnico agrícola, ficar desempregado, eles vieram para Vilhena na busca por oportunidade de trabalho. “Nós ficamos em Vilhena até o final de abril. Ele enviou currículos por e-mail para algumas fazendas de Lucas do Rio Vede. No dia que ele ia confirmar o serviço para fazer os exames no outro dia, e começar a trabalhar, sofreu o acidente”, contou Adriana. “Ele veio primeiro pra arrumar o serviço, depois eu ia vir com a nossa filha”, explicou.
 
Após o acidente, Adriana teve que alterar os planos e ir para cidade matogrossense para acompanhar o tratamento do marido. Sem poder trabalhar, tendo que cuidar do marido e da filha do casal de pouco mais de um ano, ela revelou que tem usado as economias para se manter e conta com a ajuda de família e amigos. “Moramos no fundo da casa dos tios do meu marido, que não cobram aluguel, mas têm outras dívidas, as despesas do dia-a-dia”.
 
AGUARDANDO VAGA PARA CIRURGIA NA CAPITAL
Desde o dia do acidente, Luciano está na UTI de um hospital de Lucas do Rio Verde a espera de uma vaga em Cuiabá, para onde a família espera que ele seja transferido para que as cirurgias necessárias (coração, bacia e joelho) sejam realizadas. No entanto, segundo a esposa, não há qualquer previsão de transferência. “Já se passaram 22 dias e não conseguiram nada até agora, não estão achando vaga na UTI”, explicou Adriana.
 
A família entrou com uma ação judicial pedindo que o poder público realize, na rede privada, as intervenções cirúrgicas necessárias. “Entramos com uma ação judicial contra o município e o Estado pra agilizar a cirurgia dele; mas até agora nada, a cada dia que passa é pior e ele corre risco de morte”, lamentou a esposa. 
 
VAKINHA VIRTUAL
Sem qualquer previsão de uma transferência para a capital matogrossense, onde as cirurgias poderiam ser realizadas pelo SUS, amigos de Luciano da cidade de Sapezal, criaram uma “Vakinha” online para arrecadação de doações para a realização dos procedimentos na rede privada de saúde.
 
O valor estimado para custear os procedimentos necessários é de R$ 230 mil, e quem se interessar em ajudar pode CLICAR AQUI. “Uns amigos que temos resolveram fazer esse link da vakinha, eu achei bom porque ele tava desempregado, e agora nessa situação vai ficar complicado”, relatou a esposa de Luciano.
 
CELULAR ROUBADO NO LOCAL DO ACIDENTE
Indignada, Adriana contou que o marido teve o celular furtado no dia do acidente e pessoa que levou o aparelho ainda tentou extorquir amigos e familiares. “Pra ajudar ainda mais, ele teve o celular roubado no local do acidente; e a pessoa que roubou o celular ainda tentou extorquir dinheiro dos familiares e amigos se passando por Luciano”, revoltou-se Adriana, que denunciou o fato a polícia. “Conseguimos fotos, nome e até o CPF do indivíduo e passamos pra polícia, mas até agora nada”, lamenta antes de desabafar: “O ser humano não tem mais compaixão pelo outro”.
 
CLIQUE ABAIXO e assista vídeo gravado logo após o acidente.
 




Fonte: Folha do Sul
Autor: Rogério Perucci

Newsletter

Digite seu nome e e-mail para receber muitas novidades.

SMS da Folha

Cadastre seu celular e receba SMS com as principais notícias da folha.