Visitas 31363838 - Online 228

Quinta-feira, 02 de Abril de 2020

Empresas

23/03/2020 09:45:00

Vilhena começa a semana com comércio fechado; empresas adotam medidas para tentar minimizar prejuízos

 
Decreto de prefeito estabeleceu regras para funcionamento do estabelecimentos
 
A região central de Vilhena amanheceu irreconhecível nesta segunda-feira, 23, com praticamente todo o comércio de portas fechadas. A exceção são as farmácias e o escritório de uma grande empresa do agronegócio, cujo estacionamento estava lotado. Na agência da Caixa, clientes formam filas para usar os caixas eletrônicos, já que o atendimento ao público também está suspenso em todas as instituições financeiras.
 
A desolação se estende por outras avenidas conhecidas pelo intenso comércio, como a Paraná e a Melvin Jones. Nelas, nem mesmo os tradicionais ambulantes se arriscam a tentar a sorte. Açougues, supermercados e padarias, no entanto, continuam atendendo.
 
O fechamento das empresas é uma ação decidida por um comitê criado para enfrentar a pandemia de Covid-19 em Vilhena. As regras para o funcionamento dos estabelecimentos foram definidas em decreto assinado pelo prefeito Eduardo Japonês (PV) já na sexta-feira, 20 (CONFIRA AQUI).
 
Algumas firmas estão tentando minimizar os prejuízos dando férias coletivas para os empregados. Outras podem suspender os contratos de trabalho por até quatro meses, com base numa Medida Provisória assinada pelo presidente Jair Bolsonaro. A iniciativa do governo alivia um pouco da pressão sobre o empregador, mas reduz a renda do trabalhador enquanto durar a pandemia (clique aqui e entenda).
 




Fonte: Folha do Sul
Autor: Da redação

Newsletter

Digite seu nome e e-mail para receber muitas novidades.

SMS da Folha

Cadastre seu celular e receba SMS com as principais notícias da folha.