Visitas 53940056 - Online 220

Domingo, 18 de Abril de 2021

Geral

08/04/2021 11:02:00

Após três meses internado, lutando contra a Covid-19, vilhenense de 54 anos morre em hospital de Cacoal

 
Ari Dias Rezino chegou a sair da intubação, mas seu quadro se agravou
 
Faleceu na madrugada desta quinta-feira, 08, no Hospital dos Acidentados, em Cacoal, o bacharel em Direito Ari Dias Rezino. Ele tinha 54 anos, era uma das figuras mais conhecidas de Vilhena e estava internado desde o mês de janeiro, após contrair a Covid-19.
 
Ativo nas redes sociais, Ari chegou a voltar da intubação, após mais de dois meses usando a ventilação mecânica, e falava com os familiares através do WhatsApp. Fazendo hemodiálise diária, nos últimos dias, no entanto, seu quadro se agravou, e ele voltou a precisar do respirador.
 
Portador de uma deficiência que o acometeu aos 10 anos, paralisando seus nervos inferiores, após uma transfusão de sangue durante uma cirurgia cardíaca, Ari era um exemplo de determinação, estudando e trabalhando, apesar da limitação física.
 
O sepultamento de Rezino, cuja família é pioneira em Vilhena, será realizado hoje na cidade. Ele deixa, além da esposa, um casal de filhos.
 
  
 
 




Fonte: Folha do Sul
Autor: Da redação

Newsletter

Digite seu nome e e-mail para receber muitas novidades.

SMS da Folha

Cadastre seu celular e receba SMS com as principais notícias da folha.