Visitas 57691494 - Online 214

Sábado, 12 de Junho de 2021

Geral

05/04/2021 17:12:00

Comerciante de Cerejeiras é a 9ª pessoa da mesma família a morrer lutando contra a Covid-19; óbito aconteceu em Vilhena

 
Gilcely Firmino Soares tinha 56 anos e foi internada ontem no HR
 
Parece não ter fim o drama da família Firmino durante a pandemia de Covid-19: na semana passada,  mãe e filha vitimadas pela mesma doença, com apenas um dia de diferença, foram sepultadas juntas em Vilhena. Um sobrinho resumiu a situação, após a oitava pessoa da família falecer por complicações do novo Coronavírus: “um pesadelo” (CONFIRA AQUI).
 
Na tarde desta segunda-feira, 05, outra integrante da família veio a óbito: trata-se da comerciante Gilcely Firmino Soares. Ela tinha 56 anos e começou a sentir os sintomas da doença em casa, em Cerejeiras. Na sexta-feira, 02, o marido, ex-servidor municipal na cidade vizinha, Moisés Soares, a trouxe para Vilhena.
 
Ontem, a situação de “Dona Fia”, como era conhecida, se agravou e ela foi internada no Hospital Regional de Vilhena, vindo a falecer hoje, por volta das 13:40h. A cerejeirense será sepultada amanhã, em Vilhena, junto com a mãe e as irmãs.
 
Pioneira que chegou com a família em Colorado do Oeste no ano de 1976, Gilcely mudou-se para Cerejeiras quando o município ainda era distrito, em 1980. Lá ela era sócia do marido num café/lanchonete na cidade vizinha.
 
Por telefone, bastante abalado, Moisés, que trabalhou na prefeitura por 12 anos, contou que um genro e a filha dele também apresentam sintomas da doença, mas estão se tratando em casa, na cidade de Cerejeiras.
 
Gilcely deixa, além do marido e de um casal de filhos, três netos.
 
 




Fonte: Folha do Sul
Autor: Da redação

Newsletter

Digite seu nome e e-mail para receber muitas novidades.

SMS da Folha

Cadastre seu celular e receba SMS com as principais notícias da folha.