Visitas 70260588 - Online 220

Domingo, 05 de Dezembro de 2021

Tecnologia

09/11/2021 11:28:00

Filho de agricultores, cerejeirense faz faculdade em Vilhena e se especializa em profissão com salário inicial de R$ 7 mil

  
Igor estuda Defesa Cibernética e será um garantidor da LGPD nas empresas
 
A carreira é promissora. O salário é bom. É com esta sorte que está a vida do jovem Igor Santos, de 20 anos, de Cerejeiras.
 
O rapaz, que é filho de agricultores, mora com a irmã na cidade e trabalha em um escritório de contabilidade, está fazendo o curso Defesa Cibernética, numa universidade semipresencial, em Vilhena. O curso é tecnológico e tem dois anos de duração. O jovem está no segundo período do curso.
 
Ao se formar, Igor fará parte do time dos profissionais que atendem pelo nome de técnico em segurança de dados.
 
A profissão está em alta. Em Vilhena, por exemplo, um técnico da área pode ganhar até R$ 7.000,00 mensais.
 
Recentemente, o Brasil aprovou a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD). Com isso, a profissão deste técnico, que mantem a segurança de informações em poder das empresas, se tornou muito demandada no mercado.
 
Ao FOLHA DO SUL ONLINE, o jovem cerejeirense expõe seus planos para o futuro. “Sonho em me especializar no assunto, e ser reconhecido pelo meu trabalho. Participar de eventos e treinamentos com os melhores especialistas da área de TI como um todo, porque essa área é muito abrangente. Não quero ser melhor que ninguém, porém quero ser o melhor de mim”.
 
 




Fonte: Folha do Sul
Autor: Rildo Costa

Newsletter

Digite seu nome e e-mail para receber muitas novidades.

SMS da Folha

Cadastre seu celular e receba SMS com as principais notícias da folha.