Visitas 57691476 - Online 215

Sábado, 12 de Junho de 2021

Covid-19

09/06/2021 17:54:00

LEIA DECRETO NA ÍNTEGRA: após ameaça de promotor, prefeitura endurece restrições para evitar “terceira onda” de Covid-19 em Vilhena

 
Cidade mantém estado de calamidade e declara emergência em saúde pública
 
Após a ameaça do promotor de justiça Paulo Lermen, que acenou com a possibilidade de denunciar criminalmente o prefeito de Vilhena, Eduardo Japonês (PV), pelas mortes de pacientes com Covid-19 que viessem a ocorrer na cidade, o município anunciou medidas para tentar frear a pandemia (ENTENDA AQUI)
 
Material produzido pela equipe de comunicação da prefeitura foi enviado à imprensa contendo as novas restrições. O decreto que estabelece regras e explica como funcionarão as multas também foi encaminhado. Confira abaixo, na íntegra
 
Prefeitura endurece restrições sanitárias em Vilhena e estabelece multa para participantes de “festinhas”
 
Veja o que muda com o decreto publicado na tarde desta quarta-feira, 9 de junho, que passa a valer amanhã
 
Após a lotação de 100% dos leitos de UTI permanecer por vários dias, as autoridades em Saúde alertarem para o perigo de uma terceira onda da Covid-19, deliberações do Comitê de Enfrentamento à Covid-19 em Vilhena nesta terça-feira, 08 de junho, e recomendações do Ministério Público, a Prefeitura de Vilhena editou nesta quarta-feira o decreto municipal, acrescentando regras sanitárias mais duras e estabelecendo multas para os infratores.
 
“Estamos em um momento crítico, no qual podemos agir para conter o surgimento de uma terceira onda no município. As medidas de prevenção todos nós sabemos, então reforçamos, novamente, que todos respeitem as regras. Isso fará com que consigamos abrandar de volta as restrições mais rápido, pois basta alguns infratores para que o vírus se dissemine muito, prejudicando a todos na cidade”, explica a enfermeira e secretária municipal de Saúde, Siclinda Raasch.
 
Veja abaixo as alterações que o decreto municipal n° 52.775 traz. As normas entram em vigor a partir desta quarta-feira, 10 de junho.
 
ATIVIDADES RELIGIOSAS
Fica permitida a realização de atividades religiosas presenciais, das 6h às 22h, em todos os dias da semana, limitando-se o público a 30% da capacidade da nave dos templos litúrgicos.
 
BEBIDAS ALCOÓLICAS
Fica proibido o consumo de bebida alcoólica, narguilé e fumígenos em geral em espaços, prédios e vias públicas. Está proibida a venda de bebida alcoólica a partir das 22h em todos os dias da semana.
 
FESTAS
É permitido o encontro presencial de no máximo seis pessoas, excetuadas as pessoas da mesma família que coabitem e reuniões governamentais. Fica proibida a realização de festas e encontros privados com mais de seis pessoas, podendo ser aplicada multa de até 100 UPF (Unidade Padrão Fiscal), ou seja, R$ 9.254, no caso de descumprimento. Interações dançantes, música ao vivo e acústica também estão vetadas.
 
Fica proibido o funcionamento de balneários, boates, casas de shows e congêneres, inclusive o aluguel de, propriedades ou edificações com a mesma finalidade, bem como, a realização de festas privadas nesses espaços.
 
CIRCULAÇÃO
Fica restringida a circulação de pessoas por espaços e vias públicas, bem como das atividades comerciais no município, entre 22h e 6h,
 
RAMO ALIMENTÍCIO
Os estabelecimentos comerciais, financeiros e industriais funcionarão com no máximo 30% de sua capacidade, sendo obrigatório em suas dependências. Os estabelecimentos do ramo alimentício, que processem alimentos tais como restaurantes, cafeterias, lanchonetes, churrascarias, bares, praças de alimentação de shoppings centers e congêneres funcionarão das 6h às 22h, de segunda-feira a domingo, sendo permitida a entrega pelos sistemas delivery e drive-thru a partir das 22h01.
 
Agora também há limite de no máximo quatro pessoas por mesa nestes estabelecimentos, com distanciamento mínimo de 120 centímetros, exigindo do cliente o uso da máscara sempre que deixar a mesa.
 
ESPAÇOS PÚBLICOS
Fica proibida a realização de atividades recreativas, esportivas e de lazer em espaços públicos incluindo ruas, praças, quadras esportivas, campos e congêneres, que acarretem aglomeração.
 
As regras para os demais setores podem ser consultadas na íntegra do decreto disponível na página 52 do Diário Oficial de Vilhena publicado nesta quarta-feira, no link: www.bit.ly/dov3249
 




Fonte: Folha do Sul
Autor: Da redação com assessoria

Newsletter

Digite seu nome e e-mail para receber muitas novidades.

SMS da Folha

Cadastre seu celular e receba SMS com as principais notícias da folha.