Visitas 69705939 - Online 219

Domingo, 28 de Novembro de 2021

Policial

10/10/2021 08:22:00

Mato-grossense de 18 anos que cursava medicina no Paraguai é executada com 10 tiros de fuzil; outros três morreram na chacina

 
Crime aconteceu na madrugada de sábado, em Pedro Juan Caballero
 
A moradora de Cáceres, em Mato Grosso, Rhannye Jamilly, de 18 anos, foi assassinada com dez tiros de fuzil na madrugada deste sábado (9), durante uma chacina que matou mais três pessoas em frente a uma casa de eventos em Pedro Juan Caballero, no Paraguai.
 
Também foram assassinados Vicente Álvarez Grance, de 32 anos, conhecido como Bebeto, a filha do governador do Departamento de Amambay, Haylee Carolina Acevedo Yunis, de 18 anos, e outra brasileira Kaline Reinoso, de 21 anos, de Dourados (MS). Rhannye e Kaline faziam faculdade de medicina no Paraguai. 
 
Segundo a Polícia Nacional, foram realizados mais de 100 disparos de fuzil. Bebeto, que era um dos principais alvos, foi executado com 31 disparos que o atingiram principalmente no rosto. O veículo em que eles estavam foi alvejado de todos os lados e Rhannye foi atingida por pelo menos dez tiros. 
 
Ainda não há informações sobre os assassinos ou a motivação do crime. O caso deve ser investigado. 
 
 
 




Fonte: Reprodução
Autor: Folha Max

Newsletter

Digite seu nome e e-mail para receber muitas novidades.

SMS da Folha

Cadastre seu celular e receba SMS com as principais notícias da folha.