Visitas 70260883 - Online 211

Domingo, 05 de Dezembro de 2021

Cotidiano

18/11/2021 14:59:00

Sem ninguém saber quem é o dono, gado alongado na mata causa prejuízos a centro de pesquisas agrícolas em Cerejeiras

 
Caso já foi comunicado à Idaron e feito boletim de ocorrência na polícia
 
Um rebanho bovino, que ninguém faz ideia de quem seja o dono, está causando transtornos a uma estação de pesquisa agronômica no município de Cerejeiras.
 
O gado “alongado”, ou seja, sem dono, adentrou nesta mata mostrada na reportagem há mais de mês.
 
A mata faz parte da propriedade de 21 hectares do Centro de Pesquisa Agropecuária (CPA), que fica na Linha 4, km 3, no município de Cerejeiras.
 
O CPA conta com canteiros de pesquisa na estação experimental com soja, milho, sorgo e até com capim-açú.
 
De vez quem quando, geralmente à noite, o gado alongado na mata entra na estação experimental da empresa, causando prejuízos incalculáveis. O gado é provavelmente mestiço de nelore com raça comum, popularmente chamado de “gado branco”.
 
Não se sabe ao certo quantas cabeças são, mas pelo menos cinco animais já foram vistos de uma vez só.
 
“Já comunicamos ao Idaron, já registramos boletim de ocorrência na Polícia Civil, já comunicados aos produtores rurais da região e não aparece o dono do gado. Já não sei mais o que fazer”, diz o agrônomo Hugo Dan, que mantém a estação de pesquisa.
 
Os animais têm uma marca, mas as iniciais do carimbo não contam nos registros da Idaron, segundo informações não oficiais apuradas pelo FOLHA DO SUL ONLINE na manhã desta quinta-feira, 18.
 
Se algum leitor tiver alguma informação que leve aos donos, pode procurar o Idaron ou a Polícia Civil de Cerejeiras e fazer o comunicado.
 
 
 




Fonte: Folha do Sul
Autor: Da redação

Newsletter

Digite seu nome e e-mail para receber muitas novidades.

SMS da Folha

Cadastre seu celular e receba SMS com as principais notícias da folha.