Visitas 73908021 - Online 191

Terça-feira, 18 de Janeiro de 2022

Geral

12/01/2022 18:06:00

Um ano após perder marido pastor para a Covid-19, vilhenense passa mal durante viagem a Minas Gerais e morre aos 66 anos

 
Maria das Graças Lopes não contraiu a doença que matou o companheiro
 
Faleceu num hospital de Belo Horizonte (MG), na manhã desta quarta-feira, 12, a vilhenense Maria das Graças Lopes. Ela tinha 66 anos e estava viajando para Governador Valadares, onde visitaria parentes. Na parada que fez na capital mineira, a idosa passou mal e foi levada para o hospital.
 
Exames indicaram que a aposentada havia sofrido uma arritmia, problema cardíaco que afetou também seus órgãos internos. Os médicos chegaram a operar a vilhenense, que havia sido internada na segunda-feira, 10, mas ela não resistiu e acabou indo a óbito.
 
Maria iria relembrar a perda do marido, cuja morte completaria um ano no dia 15: o pastor evangélico Antônio Onofre Lopes, um dos mais conhecidos da cidade, morreu após uma semana intubado no Hospital Regional, lutando contra a Covid-19. Ela, porém, não contraiu a doença.
 
A missionária também havia chorado a morte de uma de suas filhas, que faleceu nas primeiras horas de 2021, após complicações de saúde. O corpo de Maria seria sepultado em Minas.
 
 
 




Fonte: Folha do Sul
Autor: Da redação

Newsletter

Digite seu nome e e-mail para receber muitas novidades.

SMS da Folha

Cadastre seu celular e receba SMS com as principais notícias da folha.