Visitas 73907737 - Online 188

Terça-feira, 18 de Janeiro de 2022

Geral

08/01/2022 10:27:00

Após sintomas gripais e de sofrer AVC em casa, comerciária de Vilhena morre aos 36 anos em hospital de Cacoal

 
Andréia foi transferida intubada para o Heuro de Cacoal
 
Será velada hoje, na Igreja Assembleia de Deus do bairro São José, em Vilhena, o corpo da comerciária Andréia Souza. Ela tinha 36 anos e faleceu ontem no Hospital de Emergência e Urgência de Rondônia (Heuro), em Cacoal, para onde havia sido levada no dia 30 de dezembro.
 
Na semana do natal Andréia começou a apresentar sintomas gripais em casa. Além disso, tossia bastante, tinha febre, diarréia e espirrava muito, segundo contou uma vizinha. Levada para a UPA na terça-feira, 29, foi medicada e voltou para casa.
 
No dia seguinte, ao sofrer um AVC, a comerciária, que morava com os avós, saiu de casa sem conseguir falar e foi levada novamente para a UPA. De lá, foi mandada para o Hospital Regional e, em seguida, transferida intubada para Cacoal.
 
Ontem à noite, Andréia, que havia testado negativo para Covid, não resistiu e foi a óbito. Não há confirmação de que a morte dela tenha relação com a gripe. Em seu atestado de óbito, a causa do falecimento consta como AVC.
 
 




Fonte: Folha do Sul
Autor: Da redação

Newsletter

Digite seu nome e e-mail para receber muitas novidades.

SMS da Folha

Cadastre seu celular e receba SMS com as principais notícias da folha.