Visitas 125448639 - Online 237

Quarta-feira, 21 de fevereiro de 2024

Indústria e Comércio

29/10/2022 12:41:00

Rovema Veículos completa 25 anos com festa em Vilhena que reuniu diretores, colaboradores e clientes do Grupo Rovema

 
A comemoração foi na Quinta dos Pinhais e teve show da cantora Bruna Viola
 
A Rovema Veículos completa 25 anos em 2022. Para comemorar esse marco, uma festa com show de Bruna Viola aconteceu ontem em Vilhena e reuniu na Quinta dos Pinhais, diretores, colaboradores, clientes e parceiros do Grupo Rovema.
 
Colaboradores com diversos anos de serviços prestados com dedicação foram homenageados. Entre eles, Neemias Gomes de Souza, gerente operações e serviços. Com 25 anos de casa, Neemias começou na Rovema como vigilante. Ele recebeu uma placa comemorativa.
 
Neemias disse que é importante celebrar este marco, afinal são 25 anos expandindo a marca. “Começamos com duas filiais, depois veio a terceira e hoje estamos na quinta concessionária nos estados de Rondônia e Acre”, elencou.
 
Neemias também falou sobre a escolha de Vilhena como o local da festa. “O Cone Sul do Estado é onde estão muitos dos nossos clientes, Vilhena é a entrada do estado e onde o agro está em ascensão, então não foi uma escolha difícil”, disse Neemias.
 
A reportagem conversou com Adélio Barofaldi, presidente do Grupo Rovema. Ele falou sobre a comemoração dos 25 anos da Rovema Veículos, e mostrou otimismo em relação ao crescimento da economia do estado com a consolidação do agronegócio.
 
“Hoje estamos comemorando esse quarto de século de parceria Rovema/Scania. Vinte e cinco anos é uma data que tem que se comemorar porque sobreviver em um país como o Brasil com grandes oscilações não é fácil. Por isso é importante comemorar para mostrar para a sociedade o quanto o grupo é forte, e o quanto a gente respeita o Estado, respeita os colaboradores, e os nossos clientes”.
 
 
Barofaldi destacou a presença da fábrica Scania na comemoração e afirmou que esse gesto da Scania em enviar um representante, mostra o quanto é importante o Estado de Rondônia para a marca a nível de Brasil.
 
 “A gente que já foi o menor estado da federação em termos de transporte e logística, nos últimos anos a gente tem se destacado com o agronegócio, a agricultura muito forte, a pecuária também muito forte. E isso despertou o interesse das fábricas por Rondônia que hoje é a bola da vez do Brasil”, apontou Barofaldi que disse ainda: “Vilhena é o pulmão do caminhão em Rondônia. Porto Velho é a capital, mas, a capital do caminhão em Rondônia é Vilhena. E por isso nós optamos em fazer essa festa  aqui, trazendo a Bruna Viola que é uma artista de renome nacional pra fazer esse fechamento de 25 anos, e começar mais 25 anos pela frente”.
 
E falando em futuro, o presidente do Grupo Rovema falou sobre planejamento para os próximos anos e se mostrou muito otimista.  
 
“O nosso planejamento é de um crescimento elevado, porque o caminhão leva o grão, mas o grão começa a chamar o caminhão. Rondônia, com a consolidação do agronegócio, é possível saber qual o volume de caminhões será necessário transitar pelas estradas de Rondônia. Então, qualquer governo que entrar, seja a nível de Brasil ou de Rondônia, pode fazer facilmente o planejamento para as nossas estradas e pontes”, ponderou.
 
Barofaldi disse que o Grupo Rovema fechou o plano de crescimento para os próximos cinco anos e ele declarou que estão otimistas com o crescimento que vê, sendo registrado em Rondônia com o agronegócio, que ele acredita que não terá volta.
 
“Por aqui tivemos ciclos de prosperidade, ciclo da borracha, ciclo do ouro, ciclo da madeira, e o último ciclo que tivemos foi o das usinas do Madeira que teve 30 mil trabalhadores e quando se concluiu as obras, 30 mil desempregados. Então, eu entendo que esses ciclos não são importantes para a economia, o que a gente espera e acredita, é que o agronegócio se consolide em Rondônia como ocorreu em outros estados. Rondônia tem um diferencial que são os portos do Madeira. Porto Velho tem cinco portos privados feitos para o escoamento da produção do agronegócio. Então, eu acredito que Rondônia terá um crescimento considerável num curto e médio prazo”, declarou. 




Fonte: Folha do Sul
Autor: Rogério Perucci

Newsletter

Digite seu nome e e-mail para receber muitas novidades.

SMS da Folha

Cadastre seu celular e receba SMS com as principais notícias da folha.