Visitas 125451097 - Online 238

Quarta-feira, 21 de fevereiro de 2024

Saúde

01/11/2023 17:18:00

Após zerar fila de cirurgias de hérnia e vesícula, Hospital Regional de Vilhena opera pacientes de Cacoal

 
Procedimentos foram garantidos através de parceria com a Semus e o Governo de Rondônia
 
Depois de realizar milhares de cirurgias para pacientes do Cone Sul de Rondônia nos últimos meses, o Hospital Regional atendeu esta semana, pacientes vindos de Cacoal, cidade que, historicamente, sempre recebeu vilhenenses para procedimentos cirúrgicos.
 
A ação é uma parceria da Santa Casa, Semus e Governo do Estado de Rondônia, que disponibilizou recursos para a realização dos procedimentos através do Programa “Compartilhando Saúde”. Santa Casa e Semus entraram com a logística, profissionais e insumos para a viabilidade do projeto.
 
Foram dez cirurgias de hérnias e vesículas de um total de 28 procedimentos liberados para a população de Cacoal, realizadas ontem (terça-feira, 31). O restante dos procedimentos será programado para os próximos dias.
 
A iniciativa foi possível depois que a fila para esses dois procedimentos foi zerada em Vilhena, que atendeu pacientes da cidade e de todo o Cone Sul e, agora, abre as portas para a cidade que sempre recebeu pacientes de Vilhena. “Invertemos o curso da história, agora nós estamos conseguindo atender casos de Cacoal, graças à eficiência da Santa Casa, aliada a parcerias com a Semus, Governo do Estado e outros parceiros”, disse a diretora administrativa da entidade, Patricia Carvalho.
 
Com a iniciativa, a Santa Casa consolida seu papel de gestora em Vilhena, sempre em parceria com a Semus, de onde os recursos e as políticas públicas são geradas, e passa a ter um importante papel na execução de procedimentos de medicina complementar que começa a transpor o Cone Sul de Rondônia.
 
Com o Know-how adquirido na gestão de mais de trinta unidades de saúde que vão de São Paulo ao Piauí, a Santa Casa vem recebendo prêmios de gestão em saúde complementar que lhe consolidam como gestora responsável e visionária dentro de ambientes de saúde pública, respeitando os mais rígidos protocolos de atendimento médico da atualidade, garantindo eficiência e, principalmente, atendimento humanizado.
 
A Santa Casa ressalva que qualquer cidadão que estava na fila e eventualmente não tenha sido atendido com os procedimentos, que procure o posto de saúde para atualizar seu contato, pois, nos últimos meses, foi grande o esforço da equipe de regulação na busca pelos pacientes que aguardavam o procedimento.
 




Fonte: Folha do Sul
Autor: Paulo Mendes

Newsletter

Digite seu nome e e-mail para receber muitas novidades.

SMS da Folha

Cadastre seu celular e receba SMS com as principais notícias da folha.