Visitas 125447936 - Online 266

Quarta-feira, 21 de fevereiro de 2024

Policial

27/11/2023 13:40:00

PF emite nota e dá mais detalhes sobre apreensão de droga no MS que era transportada por caminhoneiro vilhenense

 
A FOLHA DO SUL ONLINE publicou em primeira mão a notícia com a versão do empresário dono do caminhão
 
A FOLHA DO SUL ONLINE publicou mais cedo em primeira mão, a informação da prisão de um caminhoneiro de Vilhena em rodovia de MS transportando quase meia tonelada de cocaína. A matéria trouxe a versão do empresário vilhenense dono do caminhão no qual a droga era transportada. O motorista, também de Vilhena, está preso por tráfico interestadual de drogas.
 
No início da tarde, o Polícia Federal (PF) emitiu nota à imprensa que trouxe mais detalhes sobre o caso. Com por exemplo, que o motorista teria sido aliciado em Vilhena e carregado a droga em Comodoro/MT.
 
Confira a íntegra da nota da PF:
 
PF FAZ PRISÃO EM FLAGRANTE POR TRANSPORTE INTERESTADUAL DE DROGAS
 
O suspeito foi abordado em Paranaíba/MS com quase meia tonelada de entorpecentes
 
Vilhena/RO. A Polícia Federal, com o apoio da Polícia Rodoviária Federal de Rondonópolis/MT e de Paranaíba/MS, prendeu, neste domingo, 26/11, uma pessoa que transportava quase meia tonelada de pasta base de cocaína, em Paranaíba/MS. A droga estava escondida em meio a caixas de carne, que seguia para o porto de Santos/SP.
O motorista do caminhão declarou ter carregado a droga no município de Comodoro/MT, após uma pessoa lhe oferecer a quantia de R$ 30 mil na cidade de Vilhena/RO para transportá-la até São Paulo/SP.
Durante a abordagem foram encontrados, em meio a carga de carne, 15 fardos que acondicionavam 450 tabletes, pesando quase meia tonelada de substância com características de pasta base de cocaína e mais dois tabletes, pesando 2,2 kg de substância com características de cloridrato cocaína.
O suspeito foi conduzido à Delegacia de Polícia Federal em Três Lagoas/MS, onde foi formalizada a prisão em flagrante e encaminhado para o sistema prisional, permanecendo à disposição da justiça.
Ele poderá responder por tráfico interestadual de drogas, cuja pena pode chegar a 15 anos de prisão.
A PF, por meio da Ouvidoria da Polícia Federal, mantém o canal Fala.BR para o recebimento de denúncias. Quem tiver informações sobre este fato ou sobre quaisquer outras irregularidades, pode enviá-las por meio de formulário eletrônico. A denúncia pode ser anônima, para isso, basta escolher a opção “Anônimo”.
 
Comunicação Social da Polícia Federal em Rondônia
 




Fonte: Folha do Sul
Autor: Da Redação com Assessoria

Newsletter

Digite seu nome e e-mail para receber muitas novidades.

SMS da Folha

Cadastre seu celular e receba SMS com as principais notícias da folha.