Visitas 131871589 - Online 235

Terça-feira, 21 de maio de 2024

Policial

16/11/2023 08:29:00

Polícia Militar é acionada e jornalista acusado de importunar crianças na piscina de clube de lazer acaba preso, em Vilhena

 
Comunicador negou as acusações e disse que tudo não passou de “brincadeira”
 
Um jornalista foi preso na noite de ontem após ser acusado de importunar crianças em um clube de lazer, em Vilhena. O FOLHA DO SUL ON LINE teve acesso ao Boletim de Ocorrência Policial que traz detalhes do caso.
 
De acordo com o documento policial, uma guarnição foi acionada após um bombeiro civil que atua no estabelecimento abordar o suspeito, denunciado por algumas crianças que brincavam na piscina o apontarem, mas ele negou as acusações.
 
O jornalista esportivo, que teve passagens por emissoras de rádio e TV, mas atualmente se dedica a uma página nas redes sociais e em uma plataforma de vídeos, se alterou ao saber que a Polícia Militar havia sido acionada com base no relato das crianças, alegando que tudo não teria passado de uma “brincadeira”.
 
Os militares conversaram com as crianças, incluindo uma menina de 12 anos, que se assustou com a presença do acusado quando estava próximo à escada na borda da piscina. Segundo a garota, o comunicador se aproximou dela e disse: “Nossa, será que sou tão feio assim? Você é tão linda... casa comigo!”
 
A menina contou aos policiais que ficou calada, mas o jornalista continuou insistindo para que ela lhe passasse seu endereço e número de WhatsApp. Quando as outras crianças se afastaram o acusado teria dito, segundo o relato da garota aos policiais: “deixa a J (amiga)... pra lá, fica comigo”.
 
Em seguida, diz o BO, o jornalista se aproximou de um menino também de 12 anos e perguntou se ele era amigo da garotinha que viria a denunciá-lo. Ele insistiu para que o menor lhe passasse a idade e algum contato da colega.
 
Quando o grupo de crianças foi para o meio da piscina, o apresentador se aproximou novamente e simulou estar se afogando. Após a garotada se afastar, ele teria dito para o menino que permaneceu no local: “vocês viram que vagabunda!? Vai deixar me afogar aqui...”
 
Mães que estavam em um quiosque foram alertadas sobre a importunação e presenciaram a abordagem feita pelo Bombeiro Civil, ao que o acusado, que segundo o BO estaria alcoolizado, reagiu, pedindo para que a PM não fosse acionada.
 
Uma das mães revelou que outra menina teria denunciado que o homem tinha passado a mão em suas pernas, mas a criança acabou indo embora após a chegada da viatura ao local. Ao receber voz de prisão, o denunciado disse não entender o que estava acontecendo.
 
Por envolver menores na condição de vítimas, o Conselho Tutelar acompanhou a ocorrência. Este sie ligou várias vezes para o acusado, mas ele não atendeu nenhuma das chamadas. Tão logo ele se manifeste sobre o episódio, sua versão será publicada.
 
 




Fonte: Imagem ilustrativa
Autor: Da redação

Newsletter

Digite seu nome e e-mail para receber muitas novidades.

SMS da Folha

Cadastre seu celular e receba SMS com as principais notícias da folha.