Visitas 129664568 - Online 247

Quinta-feira, 18 de abril de 2024

Geral

02/04/2024 10:14:00

Aprovados no concurso da segurança Pública de Mato Grosso reivindicam cronograma de convocação; vilhenenses se queixam da demora

 
Cerca de 1.300 pessoas aprovadas no concurso para soldado da Polícia Militar de Mato Grosso aguardam serem chamadas
 
Cerca de 1.300 pessoas aprovadas no concurso para soldado da Polícia Militar de Mato Grosso (PMMT), incluindo dezenas de moradores de Rondônia, aguardam ansiosamente um cronograma de convocação para começarem a atuar na segurança pública do Estado vizinho.
 
Dois vilhenenses aprovados no concurso, realizado em 2022, expressaram suas dúvidas e inseguranças diante da falta de um cronograma claro ou respostas definitivas por parte do Governo do Mato Grosso em relação à convocação.
 
Ruan Charles e Lucas Borges destacaram que, embora o concurso tenha sido realizado para suprir o quadro de reservas, o Estado de Mato Grosso enfrenta atualmente uma defasagem de mais de 5 mil soldados, com a previsão de até mais mil policiais irem para a reserva remunerada nos próximos anos. Essa situação, por si só, já seria justificativa suficiente para a convocação dos aprovados. Além disso, eles apontaram o aumento da violência no estado como outro motivo premente para a atuação dos novos policiais.
 
No mês passado, uma audiência pública foi realizada na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) com a presença de diversos aprovados no concurso. No entanto, nenhum representante do governo estadual compareceu para responder aos questionamentos dos participantes.
 
Ruan Charles ressaltou que, além do investimento financeiro e do tempo dedicado à preparação para o concurso, a falta de um cronograma de convocações está gerando incertezas entre os aprovados. Ele mencionou sua própria situação ao afirmar: "Eu tinha uma pizzaria delivery, agora temo investir no negócio, ser convocado e perder meu investimento."
 
A falta de informação oficial gera especulações e mais incertezas aos aprovados. Charles contou que há algum tempo circulou uma informação da convocação de uma nova leva de aprovados, mas o número variava entre 300 a 500 chamados, dependendo de onde e de quem se ouvia a informação. Por fim, tal notícia acabou sendo rechaçada.
 
A luta dos aprovados no concurso continua. Ontem, 01 de abril, a comissão dos aprovados se reuniu com o deputado mato-grossense Claudio Ferreira. Em pauta, a falta de efetivo da Polícia Militar, o aumento do índice de criminalidade, apoio para as próximas convocações, e a falta de segurança pública em Mato Grosso. No próximo 11 de abril, a comissão tem reunião agendada com o presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, deputado Eduardo Botelho.
 




Fonte: Folha do Sul
Autor: Da redação

Newsletter

Digite seu nome e e-mail para receber muitas novidades.

SMS da Folha

Cadastre seu celular e receba SMS com as principais notícias da folha.