Visitas 129664893 - Online 236

Quinta-feira, 18 de abril de 2024

Meio Ambiente

15/02/2024 11:12:00

Espécie de cobra que já matou indígena na zona rural de Vilhena é capturada por Bombeiros na área urbana

 
Biólogo explica presença do animal na cidade e orienta a não matar
 
Na noite de ontem, o Corpo de Bombeiros de Vilhena foi mobilizado por moradores do bairro Jardim Social, que encontraram uma cobra surucucu Pico de Jaca atravessando uma rua naquela região da cidade. A guarnição capturou o animal, que foi entregue à Secretaria Municipal de Meio Ambiente, que o devolverá à natureza.
 
Ouvido pelo FOLHA DO SUL ON LINE, o biólogo Rafael Fonseca explicou que a espécie é a maior cobra peçonhenta das Américas, podendo atingir até 03 metros de cumprimento. A que foi capturada ontem media cerca de 01 metro.
 
Extinta em vários lugares do Brasil, a Pico de Jaca tem um veneno extremamente potente e já causou mortes na região, embora não costume atacar com frequência. Uma dessas vítimas foi o indígena Antônio Sabanê, de 54 anos, que morreu no ano passado, após ser mordido na área rural de Vilhena (LEMBRE AQUI).
 
O biólogo entrevistado explicou que poluição e desmatamento são as principais causas que levam esses e outros animais a migrarem de seu habitat natural, que são as regiões de mata, para as áreas urbanas.
 
Rafael também orientou: quem encontra com esse tipo de serpente deve evitar matá-la. “O correto é ligar para os Bombeiros, que são especializados e equipados para fazer a captura com segurança”.
 
 




Fonte: Folha do Sul
Autor: Da redação

Newsletter

Digite seu nome e e-mail para receber muitas novidades.

SMS da Folha

Cadastre seu celular e receba SMS com as principais notícias da folha.