Visitas 137124646 - Online 307

Domingo, 21 de julho de 2024

Política

14/05/2024 10:22:00

Ex-vendedor de jornais, 39 anos, faixa preta de taekwondo e “bom de briga”: quem é “Traíra”, o novo vereador de Vilhena

 
Novo parlamentar chega ao cargo tendo feito apenas 107 votos
 
Herdeiro da vaga deixada na Câmara Municipal de Vilhena pelo vereador Dhonatan Pagani, do PL, que se afastou do mandato hoje, por tempo indefinido (CONFIRA AQUI), o comerciante e produtor rural Anderson José Macedo da Silva (PSDB), o “Traíra” será empossado ainda esta semana.
 
Nascido em Vilhena, o novo parlamentar é casado, está com 39 anos e tem uma filha de 12. Ao FOLHA DO SUL ON LINE ele disse que primeiro vai tentar entender “aquela brigaiada que tem lá”, numa referência ao clima hostil entre os próprios vereadores da atual legislatura.
 
Um dos primeiros vendedores do jornal impresso FOLHA DO SUL, fundado em 1993, Traíra começou na atividade com 08 anos. Naquela época, já praticava o taekwondo, arte marcial de origem coreana na qual é faixa preta. Na juventude, inclusive, costumava usar a habilidade na luta para enfrentar mais de um oponente de uma só vez nas ruas.
 
Garantindo que o tempo de “brigão” já ficou para trás há muitos anos, o edil explicou a origem de seu apelido: costumava andar com um tio, que além de servidor federal, era cantor de bailão e conhecido como Traíra. “Começaram a me chamar de ‘Trairinha” e o nome pegou”.
 
Uma curiosidade: enquanto Pagani foi eleito com 1.878 votos, número recorde na história de Vilhena, seu substituto assumirá o posto deixado por ele tendo conquistado 107 sufrágios nas urnas. Ou seja: menos de 10% do desempenho alcançado pelo antecessor na função.
 
 




Fonte: Folha do Sul
Autor: Da redação

Newsletter

Digite seu nome e e-mail para receber muitas novidades.

SMS da Folha

Cadastre seu celular e receba SMS com as principais notícias da folha.