Visitas 136223837 - Online 520

Sábado, 13 de julho de 2024

Política

09/07/2024 10:44:00

Filho “02” do ex-presidente Jair Bolsonaro é cotado como candidato ao Senado por Mato Grosso em 2026

 
Membros da família do ex-presidente cogitam disputar Senado por 4 Estados
 
A colunista Mônica Bergamo, do jornal Folha de São Paulo, revelou que o vereador pelo Rio de Janeiro, Carlos Bolsonaro (PL), filho do ex-presidente Jair Bolsonaro, deve disputar a eleição do Senado em 2026 por Mato Grosso ou Santa Catarina. A possível candidatura dele faz parte de um “plano” da família Bolsonaro de ocupar cadeiras na Câmara Alta do Congresso.
 
De acordo com a colunista, outros integrantes do clã disputarão o Senado por, pelo menos 4 Estados. O atual senador Flávio Bolsonaro, também filho do ex-presidente, deve ser candidato a reeleição no Rio de Janeirio. O irmão dele, Eduardo Bolsonaro, deve sair na disputa por São Paulo, por onde já é deputado federal.
 
A ex-primeira-dama Michelle Bolsonaro é cotada para concorrer pelo Distrito Federal, onde está bem nas pesquisas. Michelle, porém, também é cotada para concorrer à presidência.
 
A Carlos Bolsonaro restaria concorrer por um Estado onde o ex-presidente recebeu expressiva votação no pleito de 2022. Neste caso, surgiu Mato Grosso, onde o líder da família teve mais de 65% dos votos, ou Santa Catarina, onde Bolsonaro teve 69% na disputa contra Lula.
 
No Estado do agronegócio, contudo, o filho “02” do ex-presidente teria concorrentes de peso. Entre eles o governador Mauro Mendes (União), que não pode tentar um novo mandato no Palácio Paiaguás, os possíveis candidatos a reeleição, Jayme Campos (União) e Carlos Fávaro (PSD), além da deputada estadual Janaína Riva (MDB).
 
Veja nota da colunista Mônica Bergamo:
Carlos Bolsonaro era considerado até agora candidato certo à Câmara dos Deputados. Mas pode também concorrer ao Senado, onde ajudaria a família a tentar erguer uma fortaleza de proteção aos interesses do patriarca.
 
De acordo com parlamentares que têm amplo acesso ao ex-presidente, embora seja do Rio de Janeiro, o filho 02 pode concorrer por estados como Santa Catarina e Mato Grosso. Assim, não teria que disputar a base fluminense dos votos familiares com o irmão Flávio.
 
Se essa for a opção, Carlos Bolsonaro se elegeria senador sem nem mesmo sair de casa, dizem interlocutores do ex-presidente. Na campanha presidencial de 2022, Bolsonaro teve 69,3% dos votos de Santa Catarina, contra 30,7% de Lula. Em Mato Grosso, Bolsonaro teve 65%, contra 35% do petista.
 
A opção exigiria que Carlos mudasse o domicílio eleitoral do Rio de Janeiro para o estado que escolhesse para concorrer ao cargo.
 
 




Fonte: Folha de São Paulo
Autor: Da redação

Newsletter

Digite seu nome e e-mail para receber muitas novidades.

SMS da Folha

Cadastre seu celular e receba SMS com as principais notícias da folha.