Visitas 129665161 - Online 233

Quinta-feira, 18 de abril de 2024

Geral

27/03/2024 10:18:00

FOTOS E VÍDEO: “Espírito Mau” faz indígena de 83 anos passar a noite sob fortes chuvas, perdido em mata na região de Chupinguaia

 
Raimundo Aikanã vem tomando remédios para depressão
 
Um indígena de 83 anos passou 24 horas perdido em uma mata na região de Chupinguaia, e só foi resgatado hoje pela manhã, após amigos e familiares se mobilizarem para fazer as buscas. O FOLHA DO SUL ON LINE teve acesso a mensagens trocadas sobre o caso no WhatsApp e algumas delas diziam que o ancião poderia já estar morto.
 
O FOLHA DO SUL ON LINE conversou, por telefone, com um genro de Raimundo Aikanã, que vive em uma aldeia a 38 km da área urbana de Chupinguaia, e ele deu mais detalhes sobre o sumiço e o resgate do idoso, que passou a noite inteira na mata, sob intensas chuvas.
 
Raimundo, que tem 10 filhos, havia saído cedo para pescar. Como é um hábito dele voltar para casa com os peixes no final da tarde, os membros da etnia não se preocuparam. Mas, quando a noite caiu e o velho indígena não voltou, a família ficou aflita.
 
Ao ser encontrado hoje, sem comer desde que tinha saído de casa, Aikanã estava com a garrafa de café que havia levado, e a bebida foi a única coisa que ele consumiu para enfrentar a escuridão, o frio e a solidão no meio da floresta.
 
Bastante debilitado, ele narrou com a voz fraca o que o fez se perder: uma pessoa teria lhe conduzido por um caminho desconhecido e ele não encontrou mais o rumo da aldeia onde vive desde 1973, e que fica a 07 km de onde foi encontrado. “A gente acredita que ele foi induzido por um espírito mau”, acredita o genro com base nas crenças da etnia.
 
Após localizarem Raimundo, os envolvidos nas buscas retornaram à aldeia onde buscaram uma rede, na qual levaram o idoso para casa. Os peixes que ele havia pegado apodreceram durante o tempo em que ficou perdido.
 
O familiar entrevistado disse que Raimundo vem tomando remédios para depressão e que, pela idade e por recomendação médica, ele deveria evitar longas caminhadas. “Mas a gente não consegue impedir”, explica o genro, acrescentando que, como continuava recusando alimentação, o sogro foi levado para receber atendimento médico no Hospital Municipal de Chupinguaia.
 
CLIQUE ABAIXO e assista vídeo do resgate.
 

 
 




Fonte: Folha do Sul
Autor: Da redação

Newsletter

Digite seu nome e e-mail para receber muitas novidades.

SMS da Folha

Cadastre seu celular e receba SMS com as principais notícias da folha.