Visitas 2684314 - Online 271

Sexta-feira, 22 de Junho de 2018

Política

29/09/2017 07:51:08

Assista o tiroteio: senadores trocam acusações cabeludas e antecipam 2018 violento em Rondônia

Cassol e Gurgacz gravaram vídeos com ofensas e provocações mútuas

Num tiroteio virtual que está “bombando” nas redes sociais e grupos de WhatsApp em Rondônia, os senadores Ivo Cassol (PP) e Acir Gurgacz (PDT) trocam acusações mútuas que beiram o crime de difamação. A violência do ataque e do contra-ataque parlamentar antecipa o nível da campanha pelo Governo do Estado no ano que vem, quando os dois congressistas estarão em palanques opostos.

A briga começou quando Cassol, no Senado, disparou contra Gurgacz, acusando-o de ser o autor de um projeto que prejudica os taxistas. E lembrou que a categoria atingida concorre com a empresa do adversário no setor de transportes. “As passagens da Eucatur no meu Estado são as mais caras do Brasil”, disparou, falando para todo o país através da TV Senado.

A reação de Acir foi imediata: em seu gabinete, ele também gravou um vídeo no qual diz que o oponente paga advogados para defendê-los em seus processos com dinheiro roubado e desmente a acusação de Ivo: “Ele já devia estar na cadeia, foi condenado a prisão por desvio de dinheiro público”, disse, em referência à decisão do STF que penalizou o colega de Parlamento.

Clique abaixo e assista, na íntegra, os dois discursos cheios de veneno. Primeiro ivo, depois Acir.

 





Fonte: Folha do Sul
Autor: Da redação

Newsletter

Digite seu nome e e-mail para receber muitas novidades.

SMS da Folha

Cadastre seu celular e receba SMS com as principais notícias da folha.