Visitas 2538000 - Online 217

Terça-feira, 19 de Junho de 2018

Geral

17/11/2017 19:58:10

Pioneira vilhenense que sofria de síndrome rara morre aos 68 anos; sepultamento será amanhã

Adaljiza estava há dois dias na UTI do Hospital Regional

Está sendo velada na Capela Mortuária de Vilhena, o corpo da pioneira Adaljiza Rosa Pedral, 68 anos, que morreu hoje na UTI do Hospital Regional, onde estava internada havia dois dias. 

Alagoana de Mata Grande, a aposentada chegou em Vilhena no ano de 1976, vindo do Paraná. Ele sofria de uma enfermidade rara, conhecida como Síndrome de Budd-Chiari.

O corpo de Adalgiza, que deixa 9 filhos e 16 netos, será sepultado amanhã às 10h.





Fonte: Foto: Álbum de família
Autor: Da redação

Newsletter

Digite seu nome e e-mail para receber muitas novidades.

SMS da Folha

Cadastre seu celular e receba SMS com as principais notícias da folha.