Visitas 3693258 - Online 240

Segunda-feira, 16 de Julho de 2018

Cotidiano

19/12/2017 15:52:55

Sitiante de Colorado denuncia quebra-molas irregular construído por moradores em bairro de Cerejeiras

Secretário de Obras afirma que não foi comunicado de construção de lombada no Anchieta

Um morador de Colorado do Oeste, que vive num sítio, entrou em contato com o FOLHA DO SUL ONLINE para fazer uma denúncia. Segundo o morador, ele sofreu um acidente de moto na semana passada porque não viu o quebra-molas num dos bairros de Cerejeiras. Mas um detalhe chama a atenção: a lombada foi construída pelos moradores. O coloradense, que frequenta o bairro cerejeirense, afirma que foi parar no hospital por conta do acidente (e enviou uma destas fotos para o site).

O quebra-molas em questão fica no bairro Anchieta, na rua Deputado Jô Sato, quase na esquina com a avenida São Paulo.

Na tarde desta terça, 19, a reportagem do FOLHA DO SUL ON LINE esteve no local e constatou que a lombada foi construída de forma artesanal e é mais baixa que as convencionais. Além disso, uma placa anunciando o quebra-molas foi colocada na rua, próximo à lombada. Segundo a vítima do acidente no local, a placa foi retirada de outra rua.

Nos arredores do quebra-molas o repórter deste site perguntou aos moradores quem construiu a lombada. Todos os ouvidos negaram e disseram que não foram eles.

Por telefone, o diretor do Ciretran de Cerejeiras, Carlos Fontana, afirma que quem autoriza a instalação de lombadas na cidade é a Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp).

O secretário de Obras, Danilo Marth, também por telefone, afirmou que nenhum morador pediu autorização ou sequer comunicou à Semosp sobre a instalação da lombada. “Mais tarde vou lá ver essa situação pessoalmente”, disse o secretário.





Fonte: Folha do Sul
Autor: Rildo Costa

Newsletter

Digite seu nome e e-mail para receber muitas novidades.

SMS da Folha

Cadastre seu celular e receba SMS com as principais notícias da folha.