Visitas 6833670 - Online 196

Domingo, 23 de Setembro de 2018

Saúde

15/05/2018 09:27:06

Vilhena terá mutirão de consultas; mais de 20 especialistas vão atender 3 mil pacientes do Cone Sul

Atendimentos no CER, em Vilhena, acontecerão nos entre os dia 25 e 27

Em visita à redação do FOLHA DO SUL ON LINE, na manhã desta terça-feira, 15, o gerente de Saúde do Estado na região do Cone Sul, Sérgio Souza Mattos, explicou como será o mutirão de consultas e pequenos procedimentos que vai acontecer em Vilhena entre os dias 25 e 27 de maio. Estão previstos 3 mil atendimentos a pacientes da região.

Mattos explicou que esta é uma ação de governo, desenvolvida em todo o Estado. “Agora é a vez de Vilhena. Conseguimos trazer esse benefício para a região graças ao esforço dos vereadores Samir Ali e Ronildo Macedo. O deputado Luizinho Goebel, o secretário de Estado da Saúde, Luiz Eduardo Maiorquim e o governador Daniel Pereira também têm mérito nesta ação, importante para milhares de pessoas”.

O gerente regional esclarece que serão atendidas as pessoas que já estavam cadastradas no sistema de regulação. Elas serão orientadas por telefone pelas secretarias de Saúde dos municípios onde moram. Os horários de chegada no Centro Especializado em Reabilitação (CER), em Vilhena, serão informados aos pacientes.

ESPECIALIDADES
A equipe que faz parte da “POC Itinerante”, nome oficial da ação, é composta por médicos de aproximadamente mais de 20 especialidades, mais enfermeiros e pessoal de TI (Tecnologia da Informação), além de servidores de apoio e reguladores.

A FILA ANDA
Atualmente, mais de 5 mil pessoas já cadastradas na regulação, aguardam consultas com médicos especialistas. Alguns destes pacientes dependem da avaliação médica para se submeter a cirurgias. Com o mutirão, elas já serão encaminhadas diretamente para a rede estadual, onde serão feitos os tratamentos mais complexos.

Entre as especialidades já confirmadas na POC, estão Dermatologia, Endocrinologia, Ortopedia, Reumatologia, Urologia e Otorrino, entre outras. Só consultas ginecológicas atrasadas, são mais de mil no Cone Sul.





Fonte: Folha do Sul
Autor: Da redação

Newsletter

Digite seu nome e e-mail para receber muitas novidades.

SMS da Folha

Cadastre seu celular e receba SMS com as principais notícias da folha.