Visitas 39488929 - Online 186

Sexta-feira, 14 de Agosto de 2020

29/07/2020 13:07:00

CRÔNICA - Nem “arco, nem “tarco”

 
*Luciano Breder
 
Aquele simpático caipira dos interiorrrrr da minha terrinha foi ao barbeiro. Depois de um bom papo, cabelo e barba impecáveis, o barbeiro lhe pergunta o que quer passar no rosto para refrescar a pele, e ele responde: "não quero nem arco, nem tarco. Taca verva!". Traduzindo: Não quero nem álcool, nem talco. Passe Água Velva ( os mais antigos entendem ).
 
Invariavelmente, nós temos que fazer escolhas entre uma coisa e outra. Muitas vezes, no entanto, nem uma das duas é boa, por exemplo: como estou enfren tando este tempo difícil de pandemia da Covid19 ? Me escondo de todos ou abro a casa para todos? Sabemos que tem muita gente com muito medo, nestes dias, e há aqueles, até, com a terrível síndrome de depressão e pânico. Isso é muito, muito mal.
 
Por outro lado, no entanto, vemos outro grupo de pessoas completamente negligentes. Sem máscara, se juntando em festas, desobedecendo as leis e, depois, arcando com as consequências das infrações.
 
O saber escolher deveria ser algo inerente do nosso dia a dia, pois somos treinados, nesse processo, desde a mais tenra infância e, na verdade, nunca foi fácil. O mais difícil, nessa caminhada pela vida, foi escolher o caminho certo: estudar ou brincar? Ir para o colégio, ou cabular a aula? Se preparar para as provas, ou colar? E...na pior das hipóteses: perdoar ou odiar? Salvar alguém ou deixar morrer? Trabalhar ou passar a mão no alheio?
 
Há aqueles, porém, que preferem não esquentar muito a cabeça com escolhas; vão pela maioria, como canta o Milton Nascimento: "Na boiada já fui boi..." Isso parece confortável, mas é perigoso. A própria história comprova que, geralmente, a maioria erra.
 
O Senhor Jesus, mesmo, afirmou em seus ensinos que "larga é a porta e espaçoso o caminho e muitos entram por ela." Isso disse  o Mestre dos mestres, quando afirmou que o caminho da perdição é largo , prazeroso, mas o fim dele é caminho de morte. ( Provérbios 16: 25 ) O nosso Deus deixou para as suas criaturas que se apartaram dos Seus divinos propósitos, uma escolha.
Sabemos quais são esses propósitos, abrindo a Bíblia Sagrada e, com oração, pedirmos sabedoria e enten dimento. O Espírito Santo veio, no Pentecostes (Atos 2:1-13), para ficar com a Igreja de Cristo. É Ele quem nos ensina a verdade da Palavra de Deus, quando buscamos conhecê-la com sinceridade de coração.
 
Deixo , para os queridos leitores, um pouco das pala vras do bom Pastor Jesus Cristo: "Eu sou o caminho, a verdade e a vida..." João 14:6 / " Eu sou a porta..." João 10:9/ "Eu sou a luz do mundo..." João 8:12 Escolher entre arco, tarco ou verva, tanto faz. Escolher entre o caminho largo sem Deus, e o Caminho estreito que é Jesus, fará uma eterna diferença.
Que Deus te abençoe!
 
*Luciano Breder é pastor da Igreja Presbiteriana do Brasil
 

 




Fonte: Folha do Sul

Newsletter

Digite seu nome e e-mail para receber muitas novidades.

SMS da Folha

Cadastre seu celular e receba SMS com as principais notícias da folha.